Professor Gelson Weschenfelder, o Filósofo dos Quadrinhos, está confirmado no Colecionarte

Um dos mais tradicionais eventos de colecionismo do Rio Grande do Sul acontece em maio e já prepara um encontro histórico para encantar gerações. A sétima edição do Colecionarte, evento pioneiro em reunir diversos tipos de coleções para exposição em um mesmo lugar, acontece nos dias 13, 14 e 15 de maio, no Parque da Oktoberfest, em Igrejinha.

Entre as presenças já confirmadas, está o professor Gelson Weschenfelder, conhecido como “O Filósofo dos Quadrinhos”. Para esta edição, ele conta que vai trazer itens ainda não apresentados no evento, com destaque para itens vinculados ao Stan Lee (quadrinista criador de importantes personagens da Marvel) e garante que terá action figures (figuras de ação), itens raros no Brasil, como bonecos da Marvel e da DC Comics, peças de filmes dos anos 1980, além de livros autografados por artistas, souvenires e escudos.

Importância do incentivo ao colecionismo

Gelson é referência quando de se trata em quadrinhos e colecionismo, junto ainda da questão educacional. Pós-Doutorando no PPG de Processos e Manifestações Culturais na Universidade Feevale (Bolsista CNPQ/PDJ). Doutor em Educação na Universidade La Salle (2017); Mestre em Educação pelo Centro Universitário La Salle – UNILASALLE (2011); graduado em Filosofia pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS (2007). Ele é vencedor do Prêmio Associação Gaúcha de Escritores Livro do Ano em 2012 com o livro “Filosofando com os Super-Heróis”, é vencedor do 29º Prêmio Jovem Cientista promovido pela CNPq e seu livro mais recente é “Vamos usar quadrinhos em sala de aula? Os super-heróis invadem a escola”.

Na sexta-feira, 13, ele estará em contato direto com os alunos de Igrejinha que visitarão o evento e poderá falar de seu trabalho e incentivá-los. “Não foi só a leitura em si, mas o ato de colecionar que me levou a ser quem sou. É uma questão científica, graças ao colecionismo é que temos aos museus e centros de pesquisa. Estar incentivando que crianças e adolescentes colecionem é um estímulo às questões educacionais, culturais e científicas. Existem pesquisas que mostra que o simples ato de colecionar traz grandes benefícios não só para o desenvolvimento do individuo, mas todo o entorno dele e a sociedade. Tudo o sou hoje, todo o destaque nacional e poder viajar para outros países, devo a gostar e me dedicar aos quadrinhos”, revela.

Ele pontua ainda que o Colecionarte é um dos melhores eventos de colecionismo que ele já participou e por isso, cada nova edição gera uma expectativa gigante. “A organização é sempre muito preocupada tanto com o expositor quanto com o público. Sempre foi um prazer pra gente estar presente, poder conversar com as pessoas, encontrar gente que tem os mesmos gostos e até incentivar novos colecionadores o que é sempre um prazer. Eles tem essa preocupação de continuar com esse legado e fazer sempre coisas a mais tanto para o colecionador que vai expor, quanto para o público”, comenta.

O Colecionarte é realizado pelo Município de Igrejinha, através da Secretaria de Turismo e Cultura, em parceria com a Associação dos Amigos da Cultura, História e Colecionismo (ASACHIC). Na sexta-feira e no sábado, o evento acontece das 9 às 19 horas e no domingo, das 9 às 17 horas, com entrada gratuita.

4 comentários

Deixe uma resposta para Colecionarte: colecionar é um hobby que passa de pai para filhos e une os irmãos – Drops do Cotidiano Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s