Desde março, em sua reabertura, Museu Histórico Municipal Adelmo Trott recebe mais de 1,6 mil visitantes

O Museu Histórico Municipal Adelmo Trott, de Taquara, completa em outubro sete meses após a sua reabertura, em março deste ano. Com um acervo de mais de mil peças, o local foi visitado neste período por mais de de 1,6 mil pessoas, que conheceram itens que ajudam a contar a história do Município ao longo dos seus 136 anos. “Resgatar a história e a memória de uma comunidade é o papel do museu. Assim, procuramos através deste acervo, realizar exposições e projetos, para trabalhar junto à comunidade taquarense e da região para construir um sentimento de identidade e pertencimento”, destaca o chefe da Divisão do Arquivo Histórico, Maicon Rodrigues, que administra o espaço junto com o professor Laureci Mayca.

O Museu Histórico Municipal Adelmo Trott está localizado na Rua Nelson Renck, 2933, Bairro Centro, ao lado da Biblioteca Pública Municipal Professor Rodolfo Dietschi. Em seu acervo, há documentos, fotografias e objetos históricos. Há uma cozinha temática, com instrumentos que contam os afazeres de antigamente, miniaturas, armas antigas, móveis e utensílios que pertenciam a nomes históricos de Taquara, como Tristão José Monteiro e Coronel Diniz Martins Rangel, entre outros itens. “Estamos fazendo uma rotatividade nas exposições do acervo, conforme a temática para aquele período”, completa Maicon.

A prefeita Sirlei Silveira lembra da importância da valorização da história do Município contada através do museu, para que seja de conhecimento público as vivências de quem passou por Taquara nas gerações anteriores, e compartilhando estes fatos para as gerações futuras. “Que bom que o Museu Histórico Municipal Adelmo Trott tem realizado inúmeros projetos de engajamento com a comunidade, para que todos os taquarenses se sintam orgulhosos de nossa cidade”, conta.

Projetos externos

Além das visitações realizadas por estudantes e comunidade em geral, o Museu Histórico Municipal Adelmo Trott também realizou nos últimos seis meses algumas ações externas. Entre estes eventos, Maicon destaca a Primavera dos Museus, realizada em setembro no Centro Educacional Indio Brasileiro Cezar, e a exposição do projeto “Memórias em Tela e Tinta: nossa gente, nossa história, nossa memória”, que será em outubro, na Câmara de Vereadores. “Também construímos neste período alguns documentários com a parceria da comunidade, além da coleta de documentos históricos para futuras pesquisas. São ações importantes para aproximar os moradores com a própria história de Taquara”, salienta.

Transferência do museu para a Casa Vidal

Futuramente, toda a estrutura do museu irá para a Casa Vidal, que está em reforma. Em 2021, Taquara foi contemplada a receber recursos diretos do Governo do Rio Grande do Sul, para o restauro do Museu Histórico Municipal Adelmo Trott. Para esta obra, está sendo investido R$ 3.619.850,28, com o repasse de R$ R$2.521.445,73 da Secretaria Estadual da Cultura, e de R$1.098.404,55 de contrapartida municipal. 

*Foto: Ruan Nascimento/Prefeitura de Taquara

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s