Primavera dos Museus evidencia a independência das mulheres de Taquara

Na noite da última quinta-feira (22), o debate “Independências e Museus: a reflexão no papel da mulher na sociedade taquarense ao longo dos séculos XX e XXI” movimentou o Centro Educacional Indio Brasileiro Cezar. 11 mulheres taquarenses participaram do bate-papo e compartilharam vivências e trajetórias em suas respectivas áreas de atuação. A atividade integrou a programação da 16ª Primavera dos Museus, promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e foi organizada pelo Museu Histórico Municipal Adelmo Trott.

Uma das participantes foi a prefeita de Taquara, professora Sirlei Silveira, que lembrou que é a primeira prefeita da história do Município. Em uma de suas falas, ela destacou a importância da ampliação da presença feminina não só na política, mas também em outros cargos de direção. “É preciso que haja mais participação nestes espaços de liderança. O número atual ainda é muito tímido. Mas posso garantir que evoluímos bastante. É significativo dizer que, por 15 anos, fui diretora de escola pública, em uma época em que também tínhamos mais homens em cargos de direção do que mulheres. Isso está mudando. E hoje vemos mais mulheres dirigindo empresas, escolas, e ocupando cargos políticos como deputadas, senadoras, governadoras, prefeitas e vereadoras, mas ainda precisamos criar mais espaços e mais possibilidades de participação femininas nestes lugares”, frisou.

Compartilhando histórias

A Primavera dos Museus também contou com as presenças da secretária de Educação, Cultura e Esporte, professora Carla Silveira; da professora Luciana de Oliveira Corrêa; da professora e integrante do Museu Histórico de Parobé, Vania Inês Priamo; da presidente da Associação dos Amigos do Museu de História da Tecnologia Harald Alberto Bauer, Ana Lucia Holmer Bauer Schweitzer; da arquiteta Michele Biason; da comerciante Nariman Shunaqq; da designer de sobrancelhas Marta Souza; da funcionária pública Carmen Rodrigues da Silveira; da defensora pública Egylene Chiarello; e da rapper Lady Black. A mediação foi da jornalista Magda Rabie.

Cada uma das convidadas compartilhou fatos sobre suas trajetórias individuais, destacando o processo de transformação da independência feminina no Município. Em sua fala, Marta Souza lembrou da sua própria história, que é motivo de orgulho para ela. “Sou uma pessoa que passou por muitas batalhas a vida toda. Trabalho desde os 11 anos, e sempre tocando meu negócio sozinha, de origem simples. E hoje ter o meu próprio espaço no centro da minha cidade, e fazer meu nome chegar até aqui neste evento, é uma honra”, ressalta.

A professora Luciana complementou abordando sobre a importância do processo de autoaceitação feminina, como forma de que as mulheres possam se valorizar ainda mais. “É fundamental observarmos a nossa atmosfera. Precisamos nos valorizar, nos sentirmos bem, pois isso nos afasta de qualquer tipo de crítica. É uma questão importante para concretizar o nosso futuro”, salienta. A rapper Lady Black, de 10 anos, complementou que o empoderamento feminino, em especial, da mulher negra, é um tema presente em suas letras. “Todas as mulheres podem ser o que quiserem, e aponto isso também nas minhas músicas. A primeira que fiz se chama ‘Pretinha do Poder’, que fala que não é para termos vergonha do nosso cabelo e da nossa cor. Não importa o que os outros dizem. Portanto, digo para todas que estão aqui. Vocês, mulheres, se amem! O que importa é a sua autoestima”, afirma.

Primavera dos Museus

O evento em Taquara foi pensado com base no tema nacional da Primavera dos Museus, que é “Independências e Museus, outros 200, outras histórias”, em alusão aos 200 anos da Independência do Brasil. Para o chefe da Divisão do Arquivo Histórico, Maicon Rodrigues, o evento desta noite foi incrível, despertando a alegria de todas as convidadas em participarem do debate. “Alcançamos o objetivo de proporcionar visibilidade às mulheres taquarenses. Dar voz para a reflexão sobre a independência e a valorização feminina é dever de toda a sociedade. O Museu Histórico Municipal Adelmo Trott fica feliz em realizar este encontro entre as nossas protagonistas taquarenses”, finaliza. 

*Foto: Ruan Nascimento/Prefeitura de Taquara

2 comentários

  1. Parabéns às mulheres em Taquara, homenageadas na Primavera dos Museus! Desejamos sucesso para todas vocês. Que se fortaleçam cada vez mais, sempre inspiradas pelos ideais de liberdade, igualdade e sororidade.
    Atenciosamente,
    A Equipe da Escola Feminista.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s