PAI: um grande orientador de carreira

Hoje, DIA DOS PAIS, quero homenagear a todos os pais que orientam seus filhos pelo caminho do bem. Pais que ensinam valores de vida a partir dos seus exemplos. Que ensinam sobre dignidade, honestidade, respeito, resolução de problemas, comunicação, visão de negócios…

As características citadas acima e outras tantas nos constituem como profissionais, por isso ouso dizer que pais são grandes orientadores de carreira. O que você acha?

O filho não precisa escolher a profissão do pai para seguir seu legado. Por exemplo, eu não segui a profissão do meu pai – ele era Comerciante/Agricultor e eu sou Psicóloga. Mas olhem só: meu pai (in memoriam) sempre foi muito trabalhador, criativo, dinâmico, superatencioso e carismático… E eu me vejo muito parecida com ele nesses aspectos. Me ensinou tanto! Hoje é o vigésimo dia dos pais que ele não está aqui para um abraço, mas está sempre presente comigo, na pessoa que me tornei. Essa reflexão eu trago, não apenas inspirada na minha experiência de vida. Percebo essa semelhança acompanhando profissionais nas suas escolhas e planejamentos de carreira – traços de personalidade dos pais estão presentes nos filhos.

Aproveite essa data especial para agradecer as coisas boas que aprendeu com seu pai!

É importantíssimo que os pais apoiem seus filhos nas suas escolhas, independentemente da escolha que seja feita. A sua escolha de profissão ou carreira precisa ser sua. “Mas Lu, meu pai tinha vontade que eu seguisse outra profissão, então ele não é um bom pai?” Pai e mãe querem o melhor para os seus filhos e, por vezes, por estarem inseridos em outra cultura, sem conhecer tanto do mercado de trabalho, podem agir de maneira impensada. É muito comum que os pais direcionem seus filhos para profissões mais antigas, por conhecerem pessoas que tiveram sucesso na área. Eles não apoiam algumas decisões inicialmente por medo. Querem privá-lo de frustrações e facilitar seu caminho. Esta costuma ser a intenção deles, porém eles são tão falhos como nós. Você deve fazer a sua escolha, levar em consideração as informações que trazem, mas observando suas outras coisas também. O indicado é que você se certifique da área pretendida com fundamentações sólidas e possa dar a segurança que eles ainda não tem sobre essa carreira. Dialogar e mostrar esse caminho.

Talvez seja legal dizer para seu pai que ele te inspira de alguma maneira, com muitas características dele. Que você vai tomar suas decisões e seguir o seu próprio caminho, levando na bagagem um pouco do jeito dele, mas construindo a sua trajetória de vida.

Recentemente escrevi sobre aprender através das experiências vividas pelos outros – Mentoria. O pai costuma ser um grande mentor. Confira também o texto clicando aqui.

Felicidades nesta data especial! Abraços!

Aproveito para fazer um convite para quem me acompanha aqui no Drops do Cotidiano. Em parceria com meu amigo César Karnal, lançamos o Programa Minha Escolha, para esclarecimentos sobre a escolha da profissão. Saiba mais em minhas redes sociais InstagramFacebookYouTube .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s