Instituto da Cerveja Brasil e Acervai formam 1ª turma do Curso de Profissional Sommelier de Cervejas de Igrejinha

Um sábado de verão, com sol e calor. Um momento para confraternizar, curtir uma boa trilha sonora e brindar com bons chopps. Um dia realmente em sintonia para o grande momento que estava agendado: a formatura da 1ª Turma do Curso de Profissional Sommelier de Cervejas de Igrejinha. A Cervejaria Stier Bier recebeu, no último sábado, 25, familiares e amigos dos formandos para celebrar este momento. Realizado pelo Instituto da Cerveja Brasil (ICB), em parceria com a Associação dos Cervejeiros Artesanais de Igrejinha (ACERVAI), o curso formou 27 novos profissionais para atuar no mercado cervejeiro. Esta foi a primeira vez que uma cidade do interior do Rio Grande do Sul recebeu este curso. As aulas foram realizadas no Hotel Ibis, em finais de semana de outubro, novembro e dezembro de 2019, reunindo alunos de diferentes cidades do Estado.

Sommelier

O sommelier e o mercado cervejeiro

No Brasil, existem cerca de 1200 cervejarias registradas e o Rio Grande do Sul é o estado com o maior número delas. O sócio e fundador do ICB Estácio Rodrigues e o coordenador do Instituto da Cerveja no RS, Edu Pelizzon, ambos professores do curso, pontuaram que o mercado cervejeiro é altamente competitivo e, para que possa entrar com qualidade, é preciso estar preparado. “O curso de sommelier prepara o profissional para atuar em bares ou lojas, vendas, em grandes empresas de cerveja ou restaurantes, entre outros. São muitas possibilidades e é preciso estar à frente e preparado”, declarou Edu. Ele destacou ainda que o profissional pode apropriar os conhecimentos desse curso técnico de cerveja à sua área, como administração ou marketing, por exemplo, e ter resultados muito melhores. “O sommelier pode fazer a comunicação acertada com o mercado e o consumidor, para entender o processo produtivo e o que está no copo. Ele vai combinar com harmonizações, se comunicando de forma fácil, técnica e, ao mesmo tempo, encantar. O mundo da cerveja é muito grande e é muito mais do que tomar cerveja” destacou Edu, sendo complementado por Estácio. “O curso de sommelier é uma parte de todo o processo. Não tem mais espaço para amador e cervejas que não são boas. Por causa do imposto, nossas cervejas acabam ficando mais caras. Se a pessoa vai pagar mais, ela precisa ser realmente boa”, registra. Estácio considera ainda que há uma concorrência no mercado de cervejas artesanais e que, por isso, a qualidade é decisiva para a decisão de compra. “Tentamos preparar os alunos para que eles possam não só produzir boas cervejas, mas vender melhor e fazer seus negócios serem lucrativos”.

Novos sommeliers

Em clima descontraído, a entrega dos certificados foi comandada por Estácio Rodrigues e Edu Pelizzon. Na ocasião, foram premiados os alunos que realizaram a melhor carta de cerveja em trabalho em grupo e o melhor aluno da turma, somados resultados nas avaliações teóricas e práticas. Confira os cliques:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s