Por que continuar tendo a mesma vida financeira de sempre, se é possível ter uma opção muito melhor?

Na minha última coluna trouxe ensinamentos do livro Fator de enriquecimento, de Paulo Vieira, repassando para vocês sobre as 5 condutas da riqueza (você pode ler clicando aqui). Na mesma obra, ele apresenta ainda as 6 armadilhas da riqueza. Eu, como educadora e terapeuta financeira, gosto muito e concordo com este trecho do livro. Por este motivo estou trazendo a vocês e desejo que aproveitem a leitura!

1ª armadilha: GUARDAR DINHEIRO PARA OS DIAS DIFÍCEIS – GUARDAR PENSANDO EM ALGO RUIM

Coluna Adina 05-01 (2)

Quando você guarda dinheiro pensando que os dias difíceis, você está dizendo ao seu cérebro que estes dias chegarão. Essa repetição vira um comportamento cíclico e, como num estalar de dedos, o dia difícil chega, do jeitinho que você estava esperando.

Quando você repete algo, o seu cérebro leva como verdade. Você nunca ouviu dizer que o bom mentiroso é aquele que mente pra ele mesmo? Então, é que o nosso cérebro aprende aquilo que repetidamente dissemos a ele.

Olha só como funciona:

a) Esperar por dias difíceis;
b) Poupar dinheiro para estes dias;
c) Produzir ou atrair dias difíceis;
d) Gastar dinheiro com dias difíceis.

Não há problema em ter dinheiro guardado e usá-lo numa emergência que possa vir a ocorrer, mas guarde este dinheiro com outro nome, por exemplo, na terapia financeira indicamos ter uma “reserva estratégica”.

2ª armadilha: FICAR RICO PELO SENTIMENTO ERRADO

Coluna Adina 05-01 (3)

Quando uma pessoa busca a riqueza pelos sentimentos certos, toda a jornada é benéfica. No entanto, se buscar a riqueza por autoafirmação ou por medo de viver as limitações da pobreza ou de algo que viveu no passado, a jornada será dura e no final você não se sentirá feliz, sempre estará faltando algo.

Um fácil exemplo é aquela pessoa que ganha muito bem, tem uma vida de luxo, mas que gasta mais do que ganha, se tornando endividado até o último fio de cabelo por gastar para se autoafirmar ou para provar para a sociedade que consegue “ser alguém”.

Queira ser rico pelos motivos certos e tudo se tornará mais fácil. Compreenda os seus motivos emocionais de se tornar rico e sinceramente reconheça os prejuízos que isso causa.

Estabeleça o motivo certo, seja para ter a casa dos seus sonhos, viajar para onde seus filhos desejam, para realizar seus sonhos profissionais ou para ajudar as pessoas necessitadas de alguma maneira. Quais são os seus motivos certos?

3ª armadilha: CONFUNDIR PESSOA FÍSICA COM PESSOA JURÍDICA (fica ligado empreendedor!)

Coluna Adina 05-01 (4)

Infelizmente é comum ver empresários sangrando a própria empresa, fazendo retiradas dia a dia para pagar suas contas pessoais.

A mistura das contas de pessoa física e jurídica faz com que o empresário acredite que o dinheiro no caixa da empresa pertence a ele e isso não é verdade. Na verdade, pertence aos funcionários, aos fornecedores… enfim, pertence àqueles que a empresa necessita pagar algum valor em algum momento. O empresário deve retirar mensalmente apenas o seu pró-labore e uma determinada participação nos lucros.

Faça o que for necessário para sair da sua zona de conforto e ser o melhor gestor que você puder.

4ª armadilha: ACHAR QUE NÃO TEM MUITO A APRENDER

Coluna Adina 05-01 (5)

“Enriquecer é uma ciência exata composta por apenas 3 variáveis: renda mensal, poupar para investir e rentabilidade sobre os investimentos. Assim, os ricos são aqueles que dominam o saber nas três variáveis. Eles precisam saber como aumentar sua renda, como poupar o máximo possível do que ganham e, por fim, precisam ser experts em investimentos”, diz Paulo Vieira.

As dúvidas e os erros fazem parte da aprendizagem, então não tenha medo nem vergonha, o importante é estar no caminho! Você deve ser capaz de não desistir diante das adversidades, afinal, altos e baixos são normais. O que você não tem, é pelo que você ainda não sabe, pois se soubesse já teria.

Seja sincero consigo mesmo e, principalmente, seja humilde para reconhecer que ninguém sabe tudo, inclusive você. Faça tudo para aprender aquilo que você necessita para melhorar de vida! E faça agora!

5ª armadilha: PARAR NO MEIO DA JORNADA DO ENRIQUECIMENTO

Coluna Adina 05-01 (6)

A determinação de fazer o que tem de ser feito, traduz uma mentalidade de sucesso. A coragem de olhar a adversidade e mesmo assim seguir em frente, sempre pensando no seu objetivo, sempre buscando ver o lado positivo da situação.

É de grande importância escrever no papel quais são os seus objetivos e colocar metas para que os realize. Inclua datas nestas metas.

Experimente fazer esse exercício: se imagine chegando na realização de todos os seus sonhos!

Imaginou?!

Legal!! 🌟

Agora, pegue uma folha de papel (ou mais de uma) e imagine você contando a sua história para um neto ou para um livro. Escreva cada detalhe de como foi chegar ao sucesso e conquistar as suas realizações. Conte em detalhes as dificuldades vividas, vitórias estarrecedoras, conquistas surpreendentes, a cada objetivo alcançado detalhe a sua conquista.

Coloque esta “carta” onde você possa lê-la todos os dias, até que ela se torne uma verdade absoluta na sua vida, de condutas e de realizações. Ela lhe fortalecerá naqueles dias mais cinzas, e você irá realizar tudo aquilo que colocou nos seus objetivos, sonhos e metas.

6ª armadilha: CORRER ATRÁS DO PRÓPRIO RABO

Coluna Adina 05-01 (7)

Essa é a armadilha mais comum que observo no meu dia a dia como terapeuta financeira. Percebo isso diariamente nas pessoas, até numa conversa despretensiosa.

As pessoas repetem o padrão. A maioria, à medida que ganha mais, também gasta mais. Gastam com bens de consumo e com bens passivos (aqueles que só geram gastos e não renda). Acabam correndo em torno de si sem sair do lugar.

Construa ativos (tudo aquilo que lhe gere renda ou dividendos), gere riqueza, produza dividendos e só depois disso comece a gastar a seu bel-prazer.

Agora que você conhece as 6 armadilhas, vamos refletir:

Na imagem abaixo, em cada item você se dará uma nota de 0 a 10. Seja totalmente sincero com você mesmo, evite a auto sabotagem.

Coluna Adina 05-01 (1)

Quanto mais perto de 10 em cada uma, mais preocupante é sua situação.

Quanto mais perto do 0 mais livre das armadilhas você está.

Utilize este conhecimento para fazer mudanças nas suas atitudes, podendo assim gerar grandes resultados! Se sentir à vontade envie pra mim, aqui no WhatsApp a sua nota referente as armadilhas da riqueza. Vou ficar muito feliz em saber e poder lhe ajudar a melhorar a sua vida!

Na próxima coluna, no dia 20 de janeiro, trarei a vocês o exercício do enriquecimento. Com ele vamos encerrar esta série de insights/aprendizados do livro Fator de Enriquecimento, do Paulo Vieira 🌟

Se gostou, ADIciona Pra Tua Vida e me segue nas redes sociais Instagram e Facebook, ou assista aos vídeos do meu canal no YouTube.

Um forte abraço e um feliz 2020 pra você e pra sua família!

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s