Duo Giovanna Mottini e Lucas Rocha fecham a programação do Sexta tem Arte em 2019

Na próxima sexta-feira, 06, encerra-se um ciclo que elevou, de forma muito democrática, a cultura em Taquara. Acontece neste dia, a última edição do ano do Sexta tem Arte, projeto que levou manifestações artísticas ao longo do ano gratuitamente ao público. Para encerrar com chave de ouro, sobem ao palco o Duo Giovanna Mottini e Lucas Rocha, que contará histórias e perspectivas por meio da voz, do pandeiro e do violão de sete cordas. Mantendo sempre uma cronologia de sensações, o show começa de uma forma e termina de outra, envolto em uma contagiante atmosfera sonora de canções, chamamé, samba, baião e coco.

Card Sexta

“O show busca tratar de temas reflexivos como a brevidade da vida e a efemeridade das situações boas e ruins que vivemos através da improvisação e da música espontânea. São tratados, também, temas como vontade de viver, sensações clássicas como ansiedade, críticas sociais sobre consumo excessivo de lixo, indo até assuntos delicados como o assédio sofrido pelas mulheres. É um show que conta e faz pensar, além de cantar e tocar”, conta a artista.

O duo se entrega ao momento presente, de forma sempre visceral e musicalmente surpreendente. Em determinados momentos do show, Giovanna faz o uso da técnica scatsinging, que é cantar como se fosse um instrumento. Lucas, com seu expressivo modo de tocar violão, muito influenciado por nomes que vão de Yamandu Costa à Lula Galvão, cria atmosferas sonoras levando o público para muitos lugares diferentes.

Gi e Lucas-52 - Copia
Duo Giovanna Mottini e Lucas Rocha

Vindos da capital, a dupla evidencia a iniciativa do Sexta tem Arte considerando-a incrível, necessária e transformadora. “Levar a música, tanto autoral como releituras de forma gratuita para a comunidade, seja em grandes cidades ou no interior, é potente para inspirar novos artistas que venham a surgir e que não possuem fácil acesso a espaços abertos para arte. Esse incentivo faz girar a roda da cultura, enriquecendo e abrindo portas de acesso para sociedade, qualificando nosso trabalho e levando para as pessoas nossa arte”, pontua.

O espetáculo cultural acontece em dois horários, às 14h30, para estudantes das escolas públicas, e às 19h30, para o público geral, no Centro Educacional Índio Brasileiro Cézar (antigo Cine Viena). A entrada é gratuita. Dança, teatro, música autoral e música cover são as manifestações artísticas que entram em cena no Sexta tem Arte. Em setembro, o start dessa segunda edição contou com a dança em apresentação do CTG Essência Gaúcha, em outubro foi a vez do teatro com a peça infantil “Segredo”, da A Cia. ÓMaria do Teatro, e em novembro a atração foi Letícia Roennau cantando Elis Regina. A realização do Sexta tem Arte é da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes e da Associação Cultural Casa do Rock, em parceria com o Sesc Taquara.

centro indio cezar
Centro Educacional Índio Brasileiro César é o palco do Sexta tem Arte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s