Escritor taquarense doa exemplares de seu livro para a Biblioteca Pública, incluindo versão em braile

A literatura é para todos. Por acreditar nessa frase, o escritor Armando Severo, fez a doação de alguns exemplares de seu livro para a Biblioteca Pública Municipal Professor Rodolfo Dietschi. Além da tradicional versão impressa, a obra “(em tempos de reclusão)” ganhou também dois livros em braille, buscando democratizar ainda mais a leitura, somando-se ao acervo de livros acessíveis do local. A obra foi lançada em maio, durante a Feira Literária de Taquara. A entrega aconteceu nesta terça-feira (30), com a presença da prefeita Sirlei Silveira e do diretor de Cultura, Luciano Salvaterra, além da professora de informática Camila Cunchert Pacheco, que é cega, leu e aprovou a iniciativa, juntamente do pai Leandro Pacheco.

O escritor conta que decidiu transcrever o livro para o braille pois considera que a literatura deve ser acessível a todos e esta difusão é uma obrigação do autor. “Escrevo para os outros, escrevo para me conectar. Não estamos sozinhos e a literatura me mostrou isto, sou parte de um todo”. Ele considera que a Biblioteca Municipal tem um papel importantíssimo na propagação da cultura. “Este o motivo de eu ter escolhido este meio para apresentar o meu livro ao maior número de pessoas possível”, conta.

A Biblioteca Pública de Taquara tem investido em acervo para tornar a leitura acessível para pessoas com baixa visão ou cegas. Já são 150 títulos acessíveis, sendo 50 em braille e mais 100 audiolivros.

*Fotos: Cris Vargas/Prefeitura de Taquara

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s