Encontro Estadual de História discutiu diversas temáticas sobre Ensinar, Pesquisar e Protagonizar na Faccat

O XVI Encontro Estadual de História chegou ao final com a sensação de dever cumprido. De acordo com os organizadores, foram mais de 600 trabalhos inscritos, com a participação de representantes de diferentes instituições de ensino do Brasil. Além disso, o encontro contou com a discussão de seis mesas redondas, 31 simpósios temáticos, com apresentação de 412 trabalhos de pesquisa, além de 35 trabalhos apresentados por alunos do Ensino Médio e de graduação de diversas instituições, entre elas, as Faculdades Integradas de Taquara (Faccat). Também teve lançamento de 10 livros, três sessões de Mostra de Ensino e Pesquisa e quatro minicursos. O evento ocorreu nos dias 2, 9, 16, 23, 26, 27, 28 e 29 de julho, na modalidade on-line, e teve a temática “História Agora: Ensinar, Pesquisar, Protagonizar”. A organização foi da Associação Nacional de História – Seção Rio Grande do Sul (ANPUH-RS) e Faccat, por meio do curso de História.

Segundo a coordenadora do curso de História da Faccat, Andrea Rahmeier, as discussões do Encontro Estadual de História giraram em torno do espaço do historiador na atualidade, enquanto pesquisador e professor, sobre políticas públicas, os espaços dos arquivos, museus e as novas tecnologias. Além disso, também foi discutida a formação de professores. “No decorrer do evento, foi abordada em diversas falas a preocupação com o ensino de História e com o processo educativo, bem como com o fechamento de um programa de pós-graduação de excelência e o avanço do mercado no campo do ensino, além das demissões de docentes”, ressalta Andrea, que também foi uma das organizadoras do evento.

No geral, a coordenadora do curso de História da Faccat comenta que o evento se constituiu de múltiplos espaços para pensar e repensar os lugares do historiador na atualidade, enquanto pesquisador e professor, atuando na sala de aula ou nos arquivos, museus e outras instituições de pesquisa, utilizando diferentes tecnologias. “O contexto atual torna necessário a conexão entre ensino e pesquisa sobre a história e suas diversas dimensões conceituais. Para a Faccat foi uma honra receber e ser a sede virtual deste evento, bem como foi o momento de apresentarmos a capacidade da Instituição para receber eventos dessa magnitude e importância”, salienta.

Nova diretoria da ANPUH/RS

No dia 29 de julho teve a Assembleia de encerramento com a posse da nova diretoria daAssociação Nacional de História – Seção Rio Grande do Sul (ANPUH-RS).

Diretoria da ANPUH-RS (Gestão 2022-2024)

  • Presidente: Rosane Marcia Neumann (FURG)
  • Vice-Presidente: Marlise Regina Meyer (PUCRS)
  • 1.º Secretário: Aristeu Elisandro Machado Lopes (UFPel)
  • 2.ª Secretário: Charles Sidarta Machado Domingos (IFSul – Charqueadas)
  • 1.ª Tesoureira: Carolina Martins Etcheverry (Colégio La Salle)
  • 2.º Tesoureiro: Andrea Helena Petry Rahmeier (SMED/São Leopoldo/ FACCAT)

Conselho Fiscal:

  • Alexandre Maccari Ferreira (UFSM)
  • Maíra Inês Vendrame (UNISINOS)
  • Mônica Karawejczyk (PUCRS)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s