Piccadilly recebe certificação no nível máximo de sustentabilidade

Mais uma grande empresa do setor calçadista entra para o rol de indústrias certificadas no âmbito do Origem Sustentável, única certificação de práticas ESG (Environmental, Social and Governance) da cadeia do calçado no mundo. Idealizada pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) e pela Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), a certificação foi entregue para a Piccadilly no último dia 5 de maio, na sede da empresa, em Igrejinha.

Certificada no nível máximo do programa, o Diamante (80% ou mais dos indicadores de ESG atingidos), a Piccadilly é considerada uma referência de evolução na área de sustentabilidade, não somente ambiental, mas também nos pilares econômico, social e cultural. Com uma produção de mais de 6 milhões de pares por ano, desde 2008 a indústria, que além de Igrejinha possui unidades em Rolante e Teutônia, onde soma mais de 1,7 mil colaboradores, não utiliza mais materiais de origem animal em seus calçados. Mas essa é apenas a ponta de todo um processo que enxerga na sustentabilidade uma cultura organizacional. Na oportunidade da entrega do certificado, a vice-presidente e diretora de Desenvolvimento de Produto da empresa, Ana Carolina Grings, destacou a importância da certificação, que corrobora um trabalho que já vem sendo realizado há bastante tempo pela indústria. “Receber este selo do Origem Sustentável nos instiga a seguir nesse caminho da sustentabilidade”, disse.

O presidente-executivo da Abicalçados, Haroldo Ferreira, ressaltou a importância do dia em que a certificação máxima chega a uma das principais indústrias de calçados do País. “Quando entramos no ambiente da Piccadilly, enxergamos esse compromisso com a sustentabilidade. O ato que estamos fazendo aqui hoje é um ato importante, mas mais importante é o que está no DNA da empresa e o envolvimento de toda a equipe para chegar até aqui”, comentou o executivo.

Também presente no evento de entrega, o presidente da Assintecal, Gerson Berwanger, destacou a importância do engajamento de toda a cadeia em prol da sustentabilidade, dos fornecedores aos produtores de calçados, e parabenizou a calçadista pelo trabalho. “Percebemos aqui um grande envolvimento de toda a equipe para que a certificação no nível máximo fosse entregue”.

Prática
A coordenadora de ESG e Sustentabilidade da empresa, Morgana Marca, conta que ao longo das últimas duas décadas, a Piccadilly se consolidou como referência em gestão ambiental. Entre as práticas que levaram-na à conquista da certificação no nível Diamante destaque para projetos de linhas de calçados sustentáveis, cujo design foi concebido a partir do uso de matérias-primas recicladas e insumos ecológicos; a constante revisão de processos industriais, com foco em redução de desperdícios e resíduos, bem como aplicação de oportunidade de aplicação dos conceitos de economia circular e logística reversa; e a política Aterro Zero – 100% implementada (desde 2013).

Segundo Morgana, o cuidado com o meio ambiente também é traduzido com o reaproveitamento. No ano passado, foi lançada a linha So.Si Ecoar, de tênis que reutiliza garrafas pet na sua composição, sem perder qualidade. Segundo Morgana, cada par produzido reutiliza três garrafas e meia de pet reciclado e leva 17% de fio recuperado da indústria têxtil na sua composição.

Ainda no contexto da sustentabilidade aplicada ao produto, a Piccadilly também possui todas as suas embalagens certificadas pelo selo FSC (Forest Stewardship Council), reconhecido internacionalmente por acreditar empresas com manejo florestal responsável.

Outro diferencial da Piccadilly é a utilização de materiais reciclados (PU) na produção. Conforme a empresa, no ano passado foram produzidos mais de 60 mil pares de calçados com contrafortes reciclados. Já as palmilhas recicladas foram parte de mais de 340 mil pares de calçados.

Aterro Zero
Morgana ressalta que, diante do desafio mundial que é a destinação correta dos resíduos dos processos industriais, a Piccadilly investe pesado em tecnologias para a gestão na área. “A Piccadilly é ciente da importância de uma gestão correta dos resíduos sólidos

industriais gerados por suas operações, por se tratar de um dos principais impactos ambientais no segmento de fabricação de calçados. Desta forma, a empresa investe de forma contínua em inovação e em novas tecnologias para o correto tratamento e reaproveitamento de seus resíduos. Neste contexto, desde 2013, a empresa não envia mais resíduos industriais para aterros, sendo uma das pioneiras brasileiras no quesito.

No ano de 2020, a Piccadilly também finalizou seu primeiro inventário de emissões de gases de efeito estufa, o primeiro passo de um grande projeto que possui como objetivo principal a redução dos impactos causados pelas atividades da indústria. Conforme a empresa, em 2020, por meio da compra de energia do mercado livre, a Piccadilly deixou de emitir mais de 129 mil toneladas de CO2.

Origem Sustentável
Levando em consideração as dimensões ambiental, econômica, social e cultural traduzidos em 104 indicadores desenvolvidos em consonância com parâmetros internacionais de ESG, o Origem Sustentável é o único programa de certificação de sustentabilidade da cadeia calçadista no mundo. O objetivo é certificar desde o fornecedores de componentes até o fabricante de calçados, fechando o ciclo produtivo. O programa certifica processos produtivos sustentáveis e conta com auditorias externas do SENAI, SGS, Intertek, Bureau Veritas e DNV.

Atualmente, já estão certificadas, além da Piccadilly, a Vulcabras (Diamante), Bibi (Diamante), Beira Rio (Diamante), Usaflex (Diamante), Boxprint (Diamante), Caimi & Liaison (Diamante), Bertex (Ouro), Tintas Killing (Ouro), Perfil Injetados (Prata) e Fibertex (Prata). Encontram-se em processo de certificação mais de 50 fabricantes de calçados e componentes brasileiras. Conheça no site www.origemsustentavel.org.br.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s