“Intransitivo: um documentário sobre narrativas trans” será exibido na Casa de Cultura Mario Quintana neste sábado

No Dia da Visibilidade Trans (29 de janeiro) o Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS) e a Casa de Cultura Mario Quintana, instituições da Secretaria de Estado da Cultura do RS (Sedac), promovem a exibição do filme “Intransitivo: um documentário sobre narrativas trans“. A sessão ocorre no próximo sábado, 29.01.2022, às 17h, na sala Eduardo Hirtz, na Cinemateca Paulo Amorim da Casa de Cultura.

Após a exibição, haverá uma conversa com Gustavo Deon, Luka Machado, Lau Graef e Gabz 404, idealizadores e produtores do filme. A mediação será realizada por Clarissa Lima, Assessora de Diversidade da Sedac.

A entrada é gratuita e por ordem de chegada. Para garantir a segurança de todos, a sala terá 70 lugares, sendo obrigatória a apresentação de comprovante vacinal, além do uso de máscara. No local do evento, estarão sendo vendidos produtos confeccionados pelo coletivo Intransitivo, além de demais produtores e promotores da causa trans.

Sobre o documentário

Aprovado pelo Edital “Criação e Formação Diversidade das Culturas”, da Sedac em parceria com a Fundação Marcopolo, o filme documentário “Intransitivo: um documentário sobre narrativas trans” conta as histórias de vida de oito pessoas trans de diferentes pontos do Rio Grande do Sul.

O documentário tem como base duas linhas narrativas; a primeira, e principal, composta pelas entrevistas em profundidade que têm como objetivo a busca por uma multiplicidade de vivências, abordando questões diretamente relacionadas a transição e também a outros atravessamentos identitários, tais como, classe, raça, idade, sexualidade.

A segunda é o backstage, ou por trás das câmeras; configurando uma estética de road movie, gênero cinematográfico que aborda um enredo que se constitui pelo deslocamento em busca de algo ou alguém, experiências vividas pela equipe de produção durante as gravações, conversas entre a equipe, discussões sobre os temas abordados e também vivenciando suas relações interpessoais durante as viagens para gravação das entrevistas.

Mais sobre o documentário aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s