Seis bandas gaúchas disputam para entrar no line-up do Paralelo Festival, em São Francisco de Paula

As duas últimas atrações que farão parte do line-up da terceira edição do Paralelo Festival já podem ser escolhidas pelo público. Após analisar os materiais enviados pelos inscritos, a organização do evento selecionou seis finalistas que seguem na disputa para fazer os shows de abertura do festival que movimentará São Francisco de Paula nos dias 11 e 12 de dezembro. Os pré-selecionados são as bandas gaúchas Balaio de PalhaCambará Slide Songs e Mamma Doo e os músicos Enzo VieroJortácio e Pedro Jules. A escolha final será feita em votação popular que acontece no Instagram @paralelo_festival até o dia 5 de dezembro.

Realizado às margens do Lago São Bernardo com entrada franca, o Paralelo Festival reunirá artistas dos mais diferentes gêneros e estilos, da música popular brasileira ao jazz. Já estão confirmadas apresentações da cantora e compositora norte-americana de blues Nora Jean Wallace, do músico João Bosco, do grupo Gabriel Grossi Quarteto e do mestre em piano blues, boogie woogie e hammond B3 Ari Borger, além do Quinteto Canjerana e de uma apresentação com João de Almeida Neto & Luiz Carlos Borges juntos no palco.

Conheça os pré-selecionados
 
Balaio de Palha apresenta um trabalho com conexões com a música folk e brasileira, mesclando esses estilos com o uso de instrumentos musicais como flautas irlandesas, gaita de foles, hurdy gurdy, banjo e violino.
 
Cambará Slide Songs é um projeto acústico voltado ao folk e ao rock e slide blues, com repertório inspirado em artistas como Muddy Waters, Rolling Stones, Eric Clapton e B.B. King.
 
Enzo Viero é vocalista e guitarrista de blues. Seu trabalho consiste em interpretar da forma mais autêntica possível mestres do blues como Robert Johnson, Big Bill Broonzy, Blind Boy Fuller e Fred McDowell.
 
João Ortácio é cantor, compositor e poeta gaúcho nascido em Rosário do Sul e radicado em Porto Alegre. Integrou as bandas Renascentes e Subtropicais, e atualmente faz parte do Quarteto OBSP ao lado de Pedro Borghetti, João Salazar e Poty. Como artista solo, passou a se chamar Jortácio.
 
Mamma Doo é uma banda de rhythm & blues de Caxias do Sul. Criada em 2015, interpreta canções de divas dos anos 40, 50 e 60, como Ruth Brown, Ann Cole, Dinah Washington, Ella Fitzgerald e Wynona Carr.
 
Pedro Jules é ligado à tradição da psicodelia nacional (Lula Côrtes, Perfume Azul do Sol, Mutantes, Júpiter Maçã, Plato Divorak) que dialoga com vertentes sonoras do folk relacionadas a regionalismos e ao misticismo de cidades como São Francisco de Paula.

*Foto: Giovani Traslatti/Divulgação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s