“Sinal Vermelho”: Parobé divulga campanha contra violência doméstica

Durante o mês de abril, a equipe do Centro de Referência de Atendimento à Mulher de Parobé, sob a coordenação de Vilma Sant’Ana Bastos, realizou visitas às farmácias do município divulgando a campanha do Conselho Nacional de Justiça e da Associação dos Magistrados Brasileiros: Sinal Vermelho. Essa é uma campanha em nível nacional de ajuda a vítimas de violência doméstica na pandemia.

A coordenadora reforçou a importância de os profissionais conhecerem as campanhas “Máscara Roxa” e ” Sinal Vermelho” – X na palma da mão, para poderem contribuir com a busca do fim da violência contra a mulher. O objetivo é incentivar denúncias por meio de um símbolo: ao desenhar um “X” na mão e exibi-lo ao farmacêutico ou ao atendente da farmácia, a vítima poderá receber auxílio e acionar as autoridades.

Uma denúncia a cada cinco minutos

Ao longo de todo o ano passado, o Brasil somou 105.671 denúncias de violência contra a mulher, sendo 72% referentes à violência doméstica e intrafamiliar. Foram quase 290 denúncias por dia ou uma a cada cinco minutos, segundo os números do Ligue 180 e do Disque 100, canais de atendimento mantidos pela Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, divulgados ontem (7). A maioria das denúncias tem como vítimas mulheres declaradas como de cor parda, de 35 a 39 anos.

O Brasil é o quinto país onde mais se mata mulheres no mundo, e apenas 10% das vítimas de violência sexual denunciam os crimes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s