Como eu quero

Os últimos tempos tem sido de desafios, de novidades, de quebra de rotinas, de novos hábitos. Nós, tão acostumados a reclamar do tempo, agora observamos ele passar, imutável, contínuo. O tempo não mudou, ele avança no seu ciclo eterno. O que mudou foram as circunstâncias.

Alguns de nós, otimistas por natureza, insistirão em dizer que sairemos melhores disso tudo. É uma meia-verdade, melhoramos em muita coisa, mas temos muito a avançar em termos de humanidade.

Mas o que eu quero mesmo é que tudo isso passe e todos nós novamente possamos nos reunir. Para brindar a vida, a amizade, nossa saúde e a saúde daqueles que nos cercam. Que o brinde possa ser com água, champanhe, mas também com empatia, esperança, felicidade.

Da mesma forma, quero adentrar no comércio, comprar mantimentos, alimentos, itens essenciais. Mas que naquela lista de coisas necessárias eu também possa encontrar gratidão, paz, aconchego, perdão e cumplicidade.

Pretendo encontrar uma loja que venda aquela roupa para usar em momentos especiais, ou todo dia, porque, afinal de contas, cada dia não é único e, portanto, especial? Nessa loja, quero também poder vestir a solidariedade, respeito, sabedoria e coragem.

Quem sabe também passear pela cidade, encontrar novos e velhos amigos, abraçá-los, chamá-los de família de coração? E numa sombra, de preferência com um céu azul ao fundo, estender uma toalha para um piquenique e servir, além das tradicionais guloseimas, gentileza, equilíbrio, humildade e igualdade.

Claro que pretendo encontrar um tempo especial para a família, lugar de sossego, de ombro amigo, de compartilhamento e experiências.

Enquanto desejo tudo isso, alimento meus sonhos, agradeço e peço ao Ser Superior que nos conceda, sobretudo, serenidade e saúde. São tempos difíceis e incertos, é verdade, mas temos um compromisso de fazer a nossa parte para que o todo seja completo. Que possamos ser resilientes, cientes de nossa vulnerabilidade, mas conscientes de nossa força, de nossa fé, de nossas orações, e sobretudo, de nossa capacidade de transformação e evolução.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s