TH, Chico Paz e Robson Almeida apresentam suas canções autorais em live nesta quinta-feira

Abrindo as atrações do mês de outubro, esta quinta-feira, 1º, será para celebrar a boa música em um combo que traz ainda informações de moda, lançamento de novidades e promoções. Essa é a proposta da Live Festival de Música Autoral realizada pela loja Quem Te Viu Quem Te Vê em parceria com o Sobrinhos Rock Bar, que vai contar com o talento de Thiago Henrich (TH), Chico Paz e Robson Almeida apresentando as suas composições com muita integração entre os artistas e o público. A transmissão acontece a partir das 21 horas através do Facebook da QuemTeViuQuemTeVe e do YouTube do Sobrinhos.

O proprietário da Quem Te Viu Que Te Vê, Daniel Confortin, destaca que fomentar e valorizar as iniciativas culturais da região faz parte da história da marca. “Surgiu a ideia de trazermos o som autoral daqui e apresentar a campanha de produtos da loja. Temos várias iniciativas na área cultural e também fazemos collabs com os artistas. Com o TH temos várias camisetas em parceria e com o Chico e o Robson já estamos em andamento para confecção”, adianta.

O encontro de música autoral vai reunir três compositores que lançaram músicas durante a pandemia. “Queremos valorizar os talentos, gente que já tocou no bar e que, mesmo sem poder fazer show, está criando e lançando coisas novas. Eles estão aí tentando mostrar o seu trabalho e sua arte que é muito boa”, explica o proprietário do Sobrinhos, Fabricio Rohr. Ele conta que, pela necessidade do momento e com as portas do bar fechadas, buscaram se especializar e profissionalizar as lives, abrindo inclusive um novo braço de negócios, o Sobs Soluções Criativas. “Vimos muita gente fazendo lives e pensamos que elas poderiam ter melhor estrutura. Já realizamos shows, bate-papos, estilo programas de tv”.

Artistas em destaque

Chico Paz. Foto: Diogo Ramos

Conhecido do público da região, Chico Paz vem se dedicando exclusivamente ao seu trabalho autoral e não tem mais tocado covers. “Movimentos assim representam uma renovação na cena musical e uma oportunidade para que, cada vez mais, os artistas que compõe possam mostrar seu trabalho. E assim sai da mesmice que está evidente nos eventos musicais, onde os repertórios das lives acabam sendo muito parecidos”, opina. Chico vai apresentar a canção “Labirinto e Vertigem”, que lançou recentemente com TH (e nós contamos aqui), duas canções de seu álbum Caminho e uma versão de “O Teu Sorriso No Meu Coração“, além de uma inédita que cantará pela primeira vez ao público. “Somos três artistas da região, do mesmo estilo, mas cada um com suas características particulares. Vai ser bem legal essa mistura. Tocar com eles é sempre massa demais, são amigos queridos. Vai ser muito bom celebrar esse momento, compartilhar as canções, ideias e sentimentos que a gente tem pra espalhar. Mais do que entreter, queremos dizer algo”, conclui.

Robson Almeida. Foto: André Cardoso

Para Robson Almeida é fundamental, a quem é compositor e vive da arte, momentos onde possa mostrar as suas obras e ideias. “Estamos construindo e vivendo a nossa própria história e não só sobrevivendo através da história de outros. Alguns artistas acabam esquecendo desse pensamento por não terem um grande apoio, mas é preciso seguir persistindo com paciência e jamais esquecer que o novo sempre vem”, declara. Ele adianta que “Hey Você”, “Virgo”, “Bia”, “Sou livre para Amar” e “Long Plays” já estão confirmadas no setlist.  Com o duo Danadões, projeto paralelo de Robson, são mais de mil apresentações na região, a qual considera mágica. “Todas divertidas e com uma receptividade muito positiva vinda do público. Espero continuar conectado nessa energia positiva e seguir levando acalanto com esse projeto solo. Para esta live, espero que as pessoas reflitam através das letras cantadas”, conclui.

Thiago Henrich, TH. Foto: Natanael Engel

O multi-instrumentista Thiago Heinrich, o TH, conta que escrevia suas próprias músicas pra escapar da solidão e viver suas aventuras imaginárias. “Música é o que eu faço desde criança. Não sou capaz de fazer qualquer outra função. Hoje me sinto feliz de poder compartilhar essas loucuras e perceber que nunca estamos sozinhos. Às vezes, só desconectados”, registra. Sobre inspiração, ele pontua que é uma ilusão das pessoas que seja um momento maravilhoso. “Existe a impressão de que ‘um dia inspirado’ é quando você está se sentindo ótimo. Mas a inspiração também vem da dor ou da raiva. É importante ouvir todos os seus sentimentos. Não existe sentimento ruim quando você o transforma em algo bom. Eu tento fazer isso com a música”, declara. A expectativa para o momento está grande e ele adianta o que está preparando para o público. “Vai ser lindo! A oportunidade única de ver esses artistas mostrando suas obras de uma forma mais crua e verdadeira, sem a superprodução de um palco. Vou fazer um apanhado dos 3 EPs que fiz nessa quarentena. Além disso, talvez role um Planoz, que é parte importante da minha história”, declara empolgando quem acompanha seu trabalho há mais tempo.

SERVIÇO:
O que: Live Festival Música Autoral
Quando: quinta-feira, 1º de outubro, às 21 horas
Onde: Facebook da QuemTeViuQuemTeVe e do YouTube do Sobrinhos

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s