Lar Padilha inaugura playground focado na primeira infância com apoio de instituições da Alemanha

A união de esforços para oferecer o melhor para os bebês, crianças e adolescentes que vivem no Lar Padilha, em Taquara, garantiu mais uma conquista. No último sábado, 08, foi inaugurada uma nova estrutura para recreação e atividades lúdicas com os bebês e crianças menores acolhidas na instituição. O playground foi construído no local onde havia uma antiga quadra de basquete nos fundos da entidade, com a realização de diversas melhorias nesse espaço, como a reforma do piso, o cercamento com telas e redes de proteção, a colocação de grama sintética, a instalação de piso emborrachado colorido e a reforma do passeio lateral.

Desde que o Centro de Defesa, que atendia os bebês e crianças pequenas, fechou e seu atendimento foi incorporado à unidade de Padilha, sentia-se essa necessidade. “Lá o ambiente era só pras crianças. Aqui a gente teve que dividir os espaços e ele não estavam pensados para a primeira infância. Há muito tempo a gente sonhava com uma área específica para as crianças pequenas, até 12 anos. Mas os recursos são difíceis e não conseguíamos encaixar no orçamento. Quando surgiu a possibilidade dessa parceria, inscrevemos o nosso projeto para buscar os recursos, e as duas parceiras toparam abraçar esse com a gente”, comemora o diretor do Lar Padilha, Fernandes Vieira dos Santos.

A obra foi realizada parcialmente com recursos doados pelas instituições alemãs Mission EineWelt (ELKB), que doou cerca de 21 mil reais por intermédio do Núcleo de Projetos da Igreja de Confissão Luterana do Brasil (IECLB), e pela Reinhild Sylvia Wrasse, que destinou 14 mil reais ao Lar desde janeiro deste ano. O investimento total foi de cerca de 39 mil reais, sendo a diferença, 4 mil reais, uma contrapartida do Lar Padilha. “A gente ficou muito contente com essa melhoria. Ficou bonito de ver! Agora eles tem um espaço aconchegante, confortável e muito seguro -o que é mai importante -, onde podem brincar à vontade, ter o seu momento de lazer”, justifica Fernandes.

As duas instituições alemãs são parceiras de longa data do lar, mas sempre com contribuições menores. “Acredito que depois que fomos visitar as instituições alemãs, há dois anos, quando conhecemos a responsável pela relação com as instituições da América Latina, conseguimos isso. Acredito que é o resultado da parceria e relação que se estabelece a partir da confiança no trabalho que a gente vem realizando nos últimos anos”, explica o diretor.

Atualmente o Lar Padilha atende cerca de 70 a 75 crianças, sendo 11 no berçário, 18 crianças até 12 anos e o restante são adolescentes, com número que varia semanalmente pois sempre tem chegadas e saídas.

*Fotos: Reprodução Facebook/Lar Padilha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s