Do Futebol Americano para as telonas e telinhas, Terry Crews comemora 52 anos!

Oii, gente. Hoje vou trazer pra vocês um ator que eu gosto muitão. Além de atuar, ele é comediante, ilustrador, dançarino, dublador, apresentador, ex jogador de futebol americano e ativista! Ele é casado com Rebecca Crews e tem 5 filhos: Azriel, Isaiah, Wynfrey, Tera e Naomi. Esta última é filha de um relacionamento antigo de Rebecca, mas ela adotou o sobrenome do padrasto.

Terrence Alan Crews, popularmente conhecido como Terry Crews, nasceu em Flint, Michigan, no dia 30 de julho de 1968. Ele tinha talento para desenho e pintura e, logo após finalizar o ensino médio, ganhou uma bolsa de estudos no prestigiado Center for the Arts, em Michigan. Depois disso, ele frequentou a Western Michigan University, onde era bolsista integral e jogava futebol americano. Terry jogou por seis anos na NFL (National Football League, a liga esportiva profissional de futebol americano dos Estados Unidos) e se aposentou dela em 1997, quando se mudou para Los Angeles com o desejo de ser ator. Sua estreia na nova profissão ocorreu em 1999, quando foi selecionado para um programa de esportes radicais, Battle Dome, com outros atores e atletas.

Entre os anos 2000 e 2004, Terry fez alguns filmes que não foram tão populares e, consequentemente, não o deixaram muito conhecido. Seu primeiro destaque veio em 2004, com o filme As Branquelas, onde deu vida ao jogador de basquete Latrell Spencer. Porém, foi no ano seguinte que ele ficou realmente conhecido, quando foi Julius Rock na série Todo Mundo Odeia o Chris. Crews viveu Julius entre 2005 e 2009 e é lembrado até hoje como “ícone de economia” porque, nas palavras dele “se eu não comprar nada, o desconto é maior”.

Depois disso, sua carreira e reconhecimento só cresceram. Ele participou de filmes como Golpe Baixo, ao lado de Adam Sandler e Chris Rock; Click, com Sandler novamente, onde ele aparece apenas em uma cena; e Norbit, junto com Eddie Murphy.

Em 2010 passou a integrar o elenco de Os Mercenários, filme que deu origem à franquia de mesmo nome. Já são três filmes lançados e o quarto, ainda não oficialmente confirmado, que provavelmente não vamos ver Terry.

Em 2013 ele começou a dar vida a Terry Jeffords, na série de comédia Brooklyn Nine-Nine (já falei sobre ela aqui), onde interpreta um sargento que auxilia no comando de uma delegacia. Esse personagem foi escrito e pensado especialmente para Terry, tanto que o personagem recebeu o nome do ator.

Atualmente, ele ainda se dedica a Brooklyn Nine-Nine e está com filmes previstos, mas devido a pandemia as coisas foram adiadas. Ele também é apresentador do American’s Got Talent, um programa para amadores mostrarem seus talentos.

Crews é defensor do direito das mulheres e é ativista contra o sexismo. Ele já compartilhou histórias dos abusos que sua família sofreu pelo seu pai violento. Em 2017 o ator foi incluído no grupo de celebridades nomeadas como “Pessoas do Ano”, da revista Time, por compartilhar histórias de abuso sexual com o público.

Curiosidades sobre Terry Crews…

  • Ele toca flauta desde a infância e este foi seu primeiro contato com arte.
  • Antes de ficar conhecido, ele trabalhou como segurança no set de Mais Uma Sexta Feira em Apuros. Lá foi notado e convidado para fazer parte da sequência do longa, intitulado A Mais Louca Sexta Feira em Apuros.
  • Terry teve vício em pornografia, o que quase custou seu casamento com Rebecca. Ele conseguiu superar isso depois de muita luta e declara que não se tratou apenas para salvar o casamento, mas porque queria ser uma pessoa melhor.
  • Em 2017 Terry lançou uma linha de móveis a convite de um amigo que trabalha nesse ramo.
  • O ator é membro do movimento #MeToo, que busca combater a masculinidade tóxica e o assédio sexual. Esse movimento contribui com discursos acerca do assédio sexual e depoimentos de pessoas que já foram vítimas.
  • Terry se manifestou sobre o movimento Black Lives Matter e prestou solidariedade para a família do menino João Pedro (morto pela polícia federal em maio de 2020 no Rio de Janeiro).
  • Terry adora a música A Thousand Miles, de Vanessa Carlton, música que ele dubla no filme As Branquelas. Ele inclusive já postou vídeos tocando ela na flauta. Olha só que legal:

Então gente, espero que tenham gostado de saber um pouquinho sobre o Terry, que é um dos meus atores preferidos e é referência quando se trata de ativismo contra o sexismo. Vou colocar aqui um vídeo, onde ele retrata um pouco da violência que presenciou na infância. Espero que toque o coração de vocês como tocou o meu. Queria que todo mundo pensasse como esse grande cara que, hoje, venho homenagear com muito carinho. Parabéns ao Terry.
Até a próxima!

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s