Tema de casa

O mundo parou de pavor, agora transformado em silêncio que, por sua vez, transforma vidas. Tudo está se aquietando cada vez mais da janela pra fora, ainda que por decreto. Ouço o sussurro de um planeta que chora, mas também agradece.

Exaurida, a natureza revida de tempos em tempos, embora nós, neste momento, esqueçamos as lições do passado que não vivemos e que não aprendemos nos livros de história. A vida ensina, por bem ou por mal. Nascer, crescer e morrer é o destino de tudo e de todos, cada um ao seu tempo, no seu tempo, em qualquer tempo.

#ficaemcasa.jpg

Assim, chegamos até aqui, neste novo ano astrológico que começou ontem, dia 20 de março, regido pelo sol. Confinados, apavorados, calados à força por algo invisível, com um poder devastador que obrigou a humanidade a parar todas as engrenagens do progresso, do consumo, da ganância.

A máquina emperrou e a natureza agradece, nos entregando novamente o som dos pássaros, o barulho do vento, um horizonte limpo de poluição. O preço a pagar está sendo tão alto quanto a destruição causada nos últimos anos em todo o planeta.

E ainda que estejamos todos no mesmo barco (ou avião), alguns milhões morrerão mais rapidamente por absoluta falta de acesso à saneamento básico, hospitais e aos recursos básicos do sistema de saúde, essenciais à vida humana. Outros serão surpreendidos aleatoriamente, em pleno voo. E outros se apegarão a teorias conspiratórias, planando por aí.

quarentena-corona.jpg

Mas haverá os que, em silêncio, tendo o sol como guia, conseguirão ver a luz refletida no outro, iluminando novamente o planeta. E ainda que o barco afunde, esses poderão dizer um dia que cumpriram a jornada, aprendendo a grande lição que é ouvir a si mesmo, enquanto o vento dança com as folhas das árvores e os pássaros cantam ao amanhecer de cada dia, em qualquer tempo.

Não é fácil falar de flores neste momento difícil, mas repito: a natureza agradece e retribuirá de forma mais generosa, talvez, quando fizermos o tema de casa e passarmos de ano, sem reprovar em nenhuma disciplina.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s