Queria ser Rei ou Tremendão

Se há um sentimento que procuro não “alimentar” é a inveja… Mas tenho que confessar que sinto uma pontada desse sentimento do “Rei” Roberto Carlos e do “Tremendão” Erasmo… Ambos são gênios da nossa música, souberam transitar entre diferentes estilos e continuam na ativa.

Rei e Tremendão IIII

Com letras carregadas de amor, paixão e tantos sentimentos nobres, tanto Roberto quanto Erasmo expressam nos versos de suas músicas toda a intensidade e poder das mulheres, cujo o dia 08 de março é considerado o Dia Internacional.

Vejamos o “Rei” Roberto Carlos: ele já homenageou as mulheres de óculos, as mulheres pequenas, as gordinhas e tantas outras. Roberto já “propôs” café para dois, já falou de “emoções”, já sugeriu “mandar tudo para o inferno”… Sempre com a inspiração feminina.

Quanto ao Erasmo, poderia-se resumir toda a competência do artista nos versos da música “Mulher – Sexo Frágil”:

Dizem que a mulher é o sexo frágil
Mas que mentira absurda
Eu que faço parte da rotina de uma delas
Sei que a força está com elas
Vejam como é forte a que eu conheço
Sua sapiência não tem preço
Satisfaz meu ego se fingindo submissa
Mas fundo me enfeitiça

(…)

Mulher, mulher do barro de que você foi gerada
Me veio expiração pra decantar você nesta canção
Mulher, mulher na escola em que você foi ensinada
Jamais tirei um dez, sou forte mas não chego aos seus pés

Rei e Tremendão II

Instintivamente, ouvir ou ler a letra dessa canção me traz à mente três mulheres extremamente presentes em minha vida: minha esposa Gabriela, minha mãe Dóris e minha avó Elly. Um trio de ouro.

Falar delas é trazer lembranças afetivas e valores sólidos. Valores como caridade, afeto, amor, dedicação, superação e tantos outros sentimentos positivos. São histórias parecidas com experiências e vivências de tantas outras mulheres que nos cercam.

Soa repetitivo que as mulheres dos tempos atuais se dividem, muitas vezes, entre os cuidados com o lar, no papel de mães e nas atividades profissionais. É verdade que houveram mudanças significativas nas últimas décadas, onde os maridos/pais tornaram-se mais presentes. Mas as mulheres ainda carregam em si o dom inquestionável de gerar a vida em seu ventre, tornando-as seres únicos, essenciais à nossa existência.

Rei e Tremendão I

Por hábito, adotei a tempo a postura de não apenas me inspirar em figuras conhecidas das áreas que me interessam, como administração, literatura e esportes, mas também a me inspirar nas pessoas próximas a mim, que façam parte do meu cotidiano.

Aprendi a respeitar as mulheres que se dedicam a causa voluntária, porque certamente o amor delas é igualmente voluntário, vem do coração. Respeito às mulheres que mesmo em meio as aflições, medos, conquistas e vitórias que é a maternidade, educam seus filhos com valores sólidos, de modo a se tornarem pessoas com poder de decisão e transformação.

Admiro demais as mulheres que, por força de eventos que muitas vezes fogem ao seu controle, superam percalços de forma magnífica, transformando literalmente uma pedra no caminho em uma ponte de esperança ou felicidade.

Rei e Tremendão III

Admiro ainda aquelas mulheres que, surpreendidas pelo destino, veem um pedaço de si partir para outro plano, tornando-as Mães de Anjos… Aliás, o correto seria dizer que elas mesmas são anjos, pelo bem e resiliência que carregam em seu âmago.

Se para a maioria de nós, especialmente os homens, falta a capacidade de colocar em versos toda a nobreza e importância das mulheres em nossas vidas, como tão bem fazem Roberto e Erasmo, sobra-nos a possibilidade de abraçar, de beijar, de conviver e aprender com elas todo o sentido da vida. Sobra-nos a capacidade de amar e aprender a dividir esse amor. Não é à toa que Erasmo e o Rei Roberto Carlos se inspiram nas mulheres para falar de amor, de paixão, de superação ou simplesmente de saudades. Mulheres são sempre rainhas, ainda que prefiram esconder toda sua força nos bastidores, quando o palco central sempre pertencerá a elas.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s