Livro de poesia “Também guardamos pedras aqui”, de Luiza Romão, é o grande vencedor do Prêmio Jabuti 2022

A 64ª edição do Prêmio Jabuti, maior e mais aguardada premiação nacional do livro, aconteceu no último dia 24, no Theatro Municipal de São Paulo, marcando o retorno presencial da cerimônia, após dois anos em formato online. O evento, promovido pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), consagrou “Também guardamos pedras aqui”, da autora Luiza Romão, como o Livro do Ano 2022. Outras obras também foram premiadas em 20 categorias divididas em 4 eixos: Literatura, Não Ficção, Produção Editorial e Inovação. A jornalista Adriana Couto foi a mestre de cerimônias da premiação.

Grande vencedora da noite, a poeta e atriz Luiza Romão receberá a estatueta dourada do Livro do Ano 2022, além do prêmio no valor de R$ 100 mil. A obra, da editora Nós, tem a guerra de Troia como objeto central, a partir do qual as injustiças, crimes e opressões são escancarados aos olhos do leitor.

Além de Livro do Ano, o Jabuti anunciou os ganhadores de cada uma de suas 20 categorias. Os autores premiados receberam a estatueta e o valor de R$ 5 mil. A categoria Livro Brasileiro Publicado no Exterior, que conta com apoio do projeto Brazilian Publishers – uma parceria da CBL com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) -, contempla a casa editorial brasileira com uma Bolsa de Apoio à Tradução no valor de R$ 5 mil, caso a editora seja participante do Brazilian Publishers. Caso a editora brasileira não faça parte do projeto, recebe a filiação completa por 12 meses.

Vitor Tavares, presidente da CBL, comemorou mais uma edição de sucesso do Prêmio Jabuti. “A CBL atua incansavelmente para promover a bibliodiversidade, fortalecer o livro e democratizar o acesso à leitura. E um dado que muito nos orgulha e mostra que estamos no caminho certo é o recorde de inscrições que o Prêmio Jabuti teve este ano. Foram 4.290 obras inscritas, o que significou um aumento de 25% em relação a 2021”, disse ele. Vitor Tavares também destacou a satisfação com o retorno da cerimônia em formato presencial por conta da pandemia de Covid. “Depois desta longa espera, retornamos em grande estilo, no Theatro Municipal de São Paulo, um ícone de cultura, arte e literatura. E justamente no ano em que se comemora os 100 anos da Semana de Arte Moderna”.

A noite de festa e premiação teve Sueli Carneiro homenageada como Personalidade Literária de 2022. Um vídeo com vários depoimentos sobre a trajetória de Sueli foi exibido antes que ela subisse ao palco.

As obras concorrentes foram avaliadas por jurados especialistas em diferentes áreas. Os nomes foram indicados por leitores e integrantes do mercado editorial, validados e complementados pelo Conselho Curador do Prêmio Jabuti, composto por Marcos Marcionilo, Bel Santos-Mayer, Camile Mendrot, Luiz Gonzaga Godoi Trigo e Rodrigo Casarin.

Marcos Marcionilo, curador desta edição do Jabuti, comentou a importância do evento. “Celebrar no Theatro Municipal de São Paulo a 64ª edição do Prêmio Jabuti é reestabelecer o face a face com as instâncias produtoras de arte e cultura em seu suporte escrito. As obras abrem espaço para aquilo que queiramos que venha a ser o Brasil. Longa, muito longa vida ao Prêmio Jabuti”. O curador também falou sobre a homenageada da noite. “Saúdo Sueli Carneiro. Em sua figura, a CBL amplia o universo de personalidades literárias futuras, passando a contemplar, além do eixo literatura, também o eixo de não-ficção”.

Lista completa dos premiados:

Eixo: Literatura

  • Conto: 1º Lugar – Título: A vestida: contos | Autor(a): Eliana Alves Cruz | Editora(s): Malê Editora
  • Crônica: 1º Lugar – Título: A lua na caixa d’água | Autor(a): Marcelo Moutinho | Editora(s): Malê Editora
  • Histórias em Quadrinhos: 1º Lugar – Título: Escuta, formosa Márcia | Autor(a): Marcello Quintanilha | Editora(s): Veneta
  • Infantil: 1º Lugar – Título: Sonhozzz | Autor(a): Silvana Tavano, Daniel Kondo | Editora(s): Salamandra
  • Juvenil: 1º Lugar – Título: Romieta e Julieu | Autor(a): Ana Elisa Ribeiro | Editora(s): Editora Rhj
  • Poesia: 1º Lugar – Título: Também guardamos pedras aqui | Autor(a): Luiza Romão | Editora(s): Nós
  • Romance de Entretenimento: 1º Lugar – Título: Olhos de pixel | Autor(a): Lucas Mota | Editora(s): Plutão Livros
  • Romance Literário: 1º Lugar – Título: O som do rugido da onça | Autor(a): Micheliny Verunschk | Editora(s): Companhia das Letras

Eixo: Não Ficção

  • Artes: 1º Lugar – Título: Apontamentos da arte africana e afro-brasileira contemporânea: políticas e poéticas | Autor(a): Célia Maria Antonacci | Editora(s): Invisíveis Produções
  • Biografia e Reportagem: 1º Lugar – Título: Escravidão – Volume II | Autor(a): Laurentino Gomes | Editora(s): Globo
  • Ciências: 1º Lugar – Título: Um tempo para não esquecer: a visão da ciência no enfrentamento da pandemia do coronavírus e o futuro da saúde | Autor(a): Margareth Dalcolmo | Editora(s): Bazar do Tempo
  • Ciências Humanas: 1º Lugar – Título: Enciclopédia Negra | Autor(a): Jaime Lauriano, Flávio dos Santos Gomes, Lilia Moritz Schwarcz | Editora(s): Companhia das Letras
  • Ciências Sociais: 1º Lugar – Título: Máfia, poder e antimáfia | Autor(a): Wálter Fanganiello Maierovitch | Editora(s): UNESP
  • Economia Criativa: 1º Lugar – Título: Nem negacionismo, nem apocalipse | Autor(a): Gesner Oliveira, Artur Villela Ferreira | Editora(s): BEĨ

Eixo: Produção Editorial

  • Capa: 1º Lugar – Título: 1984 | Capista(s): Pedro Inoue, Giovanna Cianelli | Editora(s): Antofágica
  • Ilustração: 1º Lugar – Título: Origem | Ilustrador(a): Anna Cunha | Editora(s): Maralto
  • Projeto Gráfico: 1º Lugar – Título: Ubu Rei | Responsável(eis): Elaine Ramos | Editora(s): Ubu
  • Tradução: 1º Lugar – Título: Todos os contos – Julio Cortázar | Tradutor(a): Heloisa Jahn, Josely Vianna Baptista | Editora(s): Companhia das Letras

Eixo: Inovação

  • Fomento à Leitura: 1º Lugar – Título: Vaga Lume: como livros mudam a vida de crianças e adultos na Amazônia | Responsável(eis): Sylvia Guimarães | Editora(s): Sylvia Guimarães.
  • Livro Brasileiro Publicado no Exterior: 1º Lugar – Título: Torto Arado | Autor(a): Itamar Vieira Junior | Editora(s): Textofilia, Todavia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s