Corte Infantil da Oktoberfest de Igrejinha já tem seus trajes oficiais, criados por estilista igrejinhense

No último sábado (06), além de conhecer a Seniorin da 33ª Oktoberfest de Igrejinha, a comunidade também conheceu os trajes oficiais do Bubchen e Mädchen da festa. Buscando criar uma harmonia entre toda a corte da Oktoberfest, Pedro Henrique Fontana, de 8 anos, e Lívia Sofia Roth, de 9 anos, também vestirão trajes inspirados no casamento real do príncipe Ludwig da Bavária e da princesa Teresa da Saxonia, evento que deu origem à Oktoberfest de Munique. A inspiração pode ser percebida nos detalhes dourados, bordados e pedrarias presentes nas roupas das crianças.

Os trajes da corte infantil foram desenvolvidos pela estilista Bruna de Leão do atelier Die Liebe Trajes Típicos, de Igrejinha. Com tecidos nobres e ao mesmo tempo confortáveis, as roupas acompanharão as crianças nos dias de festa e permitem que as mesmas se divirtam com liberdade, principalmente na Kindertag. O bordô da camisa do Bubchen e do vestido da Mädchen é uma tonalidade presente em vestimentas reais e comum nos trajes típicos alemães. “O bege e dourado representam a nobreza, enquanto a cor rosa presente na blusa e avental remete à pureza das crianças”, explica Bruna.

O vestido da Mädchen foi desenvolvido em crepe vogue com aplicação de renda e pedrarias e a blusa em crepe possui delicadas rendas na manga e gola, enquanto o avental também é em renda bordada com pedrarias. Já para o traje do Bubchen, propôs-se uma camisa feita em tricoline de algodão, prezando pelo conforto, e uma bermuda em veludo cotele. Para completar o look, uma polaina em lã, que garante modernidade e ao mesmo tempo resgata a história, por ser uma peça presente nos trajes típicos alemães, além do suspensório de aviamentos dourados.

Pelo segundo ano, Bruna tem a oportunidade de estar à frente do desenvolvimento dos trajes da corte infantil – em 2019 ela fez os trajes usados pelo Bubchen Brayan da Silva Sander e pela Mädchen Bianca de Oliveira . “O amor pela festa sempre existiu, seja frequentando quando criança e adolescente ou, ainda, sendo voluntária durante a festa desde os 18 anos”, contextualiza a estilista. “Poder fazer ainda mais parte da Oktober através do meu trabalho, na criação e confecção dos trajes, é gratificante e motivo de grande orgulho para mim”, completa. Para a estilista, ver as crianças admiradas com os trajes que foram feitos especialmente para elas é emocionante. “Acredito que os pequenos já entendam muito sobre os trajes que vão usar e a importância e o valor disso”, finaliza.

*Fotos: Juliano Arnold/Divulgação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s