Bibi na terceira geração: um negócio de avô para neta

Criada há mais 70 anos em Parobé, a Calçados Bibi foi fundada por Albino Eloy Schweitzer, sogro de Marlin Kohlrausch, ex-presidente da empresa e avô de Andrea Kohlrausch, neta e atual presidente da marca. Pioneira no segmento de calçados infantis, a companhia exporta 20% de toda a sua produção para mais de 70 países. Do total produzido pela Bibi, mais de 2 milhões de pares de sapatos por ano, 35% são vendidos para lojas multimarcas e 45% são colocados no mercado em lojas próprias e franquias, projeto criado em 2008, após análise de mercado, como uma estratégia para o Varejo. Atualmente, a rede é composta por 150 lojas, sendo 17 operações fora do Brasil, em países como Peru, Equador, Guatemala e Chile, além de atuar em mais de 3,5 mil multimarcas e disponibilizar os clientes um canal de e-commerce próprio. Além disso, mantém uma fábrica em Parobé e outra em Cruz das Almas, na Bahia, que empregam 1,2 mil funcionários.

Em empresas familiares, como a Calçados Bibi, sucessões no cargo de presidência são inevitáveis com o passar dos anos. Marlin Kohlrausch assumiu a presidência em meados da década de 80, onde atuou por 30 anos, dos 45 que possui na marca, no cargo de liderança. Em 25 de abril de 2019, data em que a Bibi completou 70 anos no mercado, foi feito um anúncio sobre o processo de sucessão, para que a terceira geração desse início no comando dos negócios. Para sucedê-lo, sua filha Andrea Kohlrausch foi indicada pelos diretores e pelo Conselho Consultivo para ocupar o cargo de presidente, a partir de então.

Quando o processo teve início, os herdeiros da terceira geração começaram a ser desenvolvidos e capacitados para a sucessão. A escolha de Andrea para assumir o cargo teve como base o desafio dos próximos anos para perpetuação da marca. Por isso, a então diretora que atuava na Bibi há mais de 20 anos foi eleita como nova presidente. Todos os envolvidos estavam aptos para atuar como líder e, após o anúncio, se colocaram à disposição para auxiliar de forma efetiva a nova gestão. Desde então, Marlin passou a atuar como presidente do Conselho Consultivo da empresa.

“Assumir a presidência de uma empresa que é pioneira no segmento de calçados infantis e está em constante crescimento no mercado brasileiro há mais de 70 anos é um desafio e tanto. Liderar uma equipe e mantê-la engajada é fruto de líderes maduros que inspiram colaboradores. O principal desafio é manter o legado e DNA da marca com excelência na próxima gestão. E sabemos que todo o processo é minucioso, ou seja, a passada do bastão não pode e não deve ser feito às pressas. Dessa forma, processo que contou com várias etapas e durou exatos sete anos”, revela a presidente.  

Ao longo dos anos, a marca se destacou por ações e projetos que desenvolveu no mercado. Em 2014, por exemplo, em parceria com o IBTeC (Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçados e Artefatos), a Bibi passou a monitorar todos os seus materiais e utilizar somente aqueles que estão de acordo com os padrões internacionais quanto a substâncias tóxicas, assegurando o desenvolvimento saudável das crianças e a tranquilidade das mães e pais ao vender apenas produtos não tóxicos.

A marca também se orgulha por suas atitudes junto ao meio ambiente, ao mercado brasileiro e à sociedade, levando em conta quesitos como gasto de energia, nível de poluição, descarte de resíduos, além da relação com colaboradores e a comunidade. Vários movimentos da Bibi expressam a importância da empresa no cenário nacional de calçado infantil, como a Fábrica de Talentos, que, em parceria com o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), qualifica profissionalmente jovens com idade entre 16 e 21 anos. Além disso, a empresa elaborou compromissos com base na agenda ESG, nos âmbitos social, cultural, econômico e ambiental, que devem ser colocados em prática até o ano de 2030. A rede é a primeira calçadista certificada pelo Selo Diamante de Sustentabilidade, que atesta o compromisso com as iniciativas nos processos industriais, bem como o desenvolvimento de ações em sintonia com os pilares estabelecidos pelo programa Origem Sustentável.
 
“Buscamos o fortalecimento do Varejo, pois queremos ‘Pintar o mundo de laranja’. Sempre tivemos como grande projeto a construção de uma marca global de desejo, buscando a diferenciação por meio de tecnologias de conforto e design Bibi, elevando nossos benefícios e diferenciais de mercado, como ter calçados totalmente livres de qualquer substância tóxica, por exemplo. Ouvir a preferência dos clientes, acompanhar as tendências de mercado e a mudança de comportamento do consumidor tanto no Brasil quanto no mundo para trazer novidades que se adequem às necessidades e contribuam para o desenvolvimento feliz e natural de crianças de 0 a 9 anos é uma constante na Bibi. Um passinho por vez, sempre fazendo o bem a todos os envolvidos, é nossa principal missão na busca por uma marca forte e engajada em seu propósito”, finaliza.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s