Jovens artistas: Alunos de Taquara recebem livros que trazem seus olhares sobre a pandemia da Covid-19

Estudantes de seis escolas municipais de Taquara receberam na última quinta-feira (7) os exemplares do livro “Ciclos do Conhecimento 2020/2021: Um momento histórico pelos olhares das nossas crianças”. A publicação conta com desenhos e depoimentos feitos pelos próprios alunos em 2020, sobre o momento em que estavam vivendo naquela época, durante o início da pandemia da Covid-19 e o consequente isolamento social. A entrega ocorreu no Centro Educacional Indio Brasileiro Cezar, com sessão de autógrafos dos estudantes da rede taquarense.

A iniciativa fez parte do projeto Ciclos do Conhecimento, criado em 2019 pelos empresários Decio Diehl e Perre Trajano em prol de atividades de cunho social. “Quando começou a pandemia, há dois anos, pensamos em mobilizar estudantes para alguma atividade. Aí lembrei do livro O Diário de Anne Frank, em que a própria autora traz seus relatos pessoais enquanto vivia presa num porão durante a Segunda Guerra Mundial. E como as crianças estavam em casa, desenvolvemos o projeto com base nos relatos delas, que também não poderiam sair naquele momento”, conta Decio, reforçando que, para a realização do livro, conseguiram o apoio de empresas e entidades. “O mais bonito desse trabalho é a criança ver que já é autora de um livro. Isso ajuda a incentivar a leitura e o conhecimento”, complementa. O livro teve a participação de mais de 200 crianças das cidades de Taquara, Nova Pádua, Canoas e Porto Alegre.

O olhar dos pequenos autores

Por Taquara, participaram do projeto 67 alunos e 16 professores, das escolas Caramuru, Dr. Alípio Alfredo Sperb, Nereu Wilhelms, João Martins Nunes, Theóphilo Sauer e Getúlio Vargas. No Município, quem mobilizou para a realização do projeto foi o Rotary Club de Taquara, na gestão do então presidente Levi Metanoya, que relatou a importância do projeto. “Foi possível perceber o brilho no olhar dos alunos, ao ver o seu nome e seu trabalho colocados no livro. Todos os que colaboraram com a iniciativa estão muito felizes”, ressalta.

A entrega dos livros também foi espaço para a sessão de autógrafos. Cada um dos alunos participantes registrou sua assinatura nos exemplares entregues. O estudante Jonatas Rodrigues, de 11 anos, foi um dos que participaram da ação. Aluno do Colégio Municipal Theóphilo Sauer, ele descreve a emoção de ver seu trabalho na publicação. “Gostei muito de ver meu desenho no livro. A proposta surgiu em um momento diferente, quando estávamos em casa. Foi um trabalho em que pude expressar o meu dom artístico, sendo a primeira vez em que alguém nos deu a oportunidade de estarmos em um livro. Fiquei emocionado em ver que o que eu fiz será visto por muitas pessoas”, frisa.

“É muito lindo ver os trabalhos desenvolvidos pelos pequenos taquarenses nesta iniciativa. Através da ponta do lápis, expressaram suas opiniões, seus medos, e suas esperanças daquela época. Parabéns a todos os jovens autores deste belo trabalho”, destaca a prefeita Sirlei Silveira.

*Foto: Ruan Nascimento/Prefeitura de Taquara

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s