Coletivo de Escritores e Artistas do Paranhana realiza 1º Sarau Literário Cultural Solidário na quinta em Taquara

Com o objetivo de criar uma alternativa no cenário literário e cultural no Vale do Paranhana, o Coletivo de Escritores e Artistas do Paranhana (CEAP) promove, na próxima quinta-feira (23), seu 1° Sarau Literário Cultural Solidário. O encontro será realizado na Chocolataria Gramado (base Taquara), a partir das 19h30, reunindo membros do Coletivo e outros artistas convidados.

Na noite, será possível conhecer um pouco da diversidade literária e artística da região, com leitura de poesia, crônicas, causos, apresentações artísticas e um espaço aberto para pessoas que escrevem ou que tenham habilidades artísticas ou culturais para poderem divulgar essas aptidões. “A nossa diversidade cultural na região é enorme o que possibilita este tipo de manifestação cultural. O Sarau será itinerante e alternado em todas as cidades do Vale do Paranhana de forma sistemática. É uma possibilidade para os artistas da região mostrarem e divulgarem seus talentos, bem como criar o hábito da valorização cultural nas nossas cidades”, conta o escritor e presidente do CEAP, Paulo Wagner.

Um dos escritores confirmados é o taquarense Armando Severo, que recentemente lançou seu livro de poesias intitulado “(em tempos de reclusão)”. Para ele, um sarau com artistas da região, muito longe ser algo bairrista, demonstra que existe credibilidade na produção cultural, ao mesmo tempo em que fomenta o aparecimento de novos talentos, derivados já, deste reconhecimento. “Somos um manancial de cultura e desta fonte muitos ainda beberão. Seremos fortes juntos e teremos visibilidade gradativa na medida da nossa capacidade de organização e aglutinação. Por estar ingressando agora neste ramo literário, a minha expectativa é a mais branda possível. Quero sim, reconhecimento, mas sei das dificuldades encontradas para tal. Na recente Feira Literária de Taquara, tive a felicidade de ser muito bem recebido pelos leitores e houve uma venda bastante satisfatória, além do esperado”, conta. O escritor conta que levará poemas que integram o seu livro para ler e apresentar ao público e já adianta que está trabalhando em uma nova obra.

Além de celebrar a literatura e a arte, também haverá espaço para a manifestação da solidariedade. A entrada será franca, mas o Coletivo faz um convite para que as pessoas façam a doação de alimentos não perecíveis, roupas ou cobertores. A ideia é que a cada evento uma entidade receba as doações. Na edição de Taquara, elas serão repassadas para a ONG Vida Breve, localizada no Bairro Santa Maria.

Está confirmada a participação dos escritores Airton Schirmer, Ana Elicker, Angela Machado da Silva, Armando Severo, Claudir dos Santos, Doralino Souza da Rosa, Geraldo Antonio Both, Nelso Mazzurana, Paulo Wagner, Silvio Juvenil Trein e Vera Regina Oliveira. O compositor, maestro, cantor e multi instrumentista Martin Coplas falará e cantará sobre a sua trajetória na história da música Latino Americana. Outro artista será o cantor, multi-instrumentista, educador do Lar Padilha e representante da Biblioteca Amigos do Livro do Bairro Empresa de Taquara, Mano Jéferson Guedes.

*Foto de capa: Escritores do Coletivo durante bate-papo na Feira Literária de Taquara

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s