Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo realizará série de concertos para marcar seus 70 anos

Prestes a completar 70 anos de história, a Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo (OSNH) dá início a um projeto que envolve a realização de quatro concertos. Todas as apresentações ocorrerão no Teatro Feevale, em Novo Hamburgo, contemplando diferentes estilos musicais e com artistas e bandas convidadas. “Nosso objetivo é destacar a importância das orquestras brasileiras e aproximar a comunidade de um repertório de música popular, desmistificando a produção das orquestras somente por música erudita”, afirma Gustavo Müller, diretor artístico da OSNH.
 
Chamado de 4 Ventos, o projeto reflete a proposta da orquestra nos últimos anos: realizar a fusão de repertórios, mostrando que a música de concerto também pode dialogar com artistas populares. Cada concerto terá um grupo convidado, com repertório e arranjos criados especialmente para a ocasião. “A cada espetáculo, a orquestra vem demonstrando sua versatilidade. Já acompanhou sambistas, metaleiros, grupos nativistas e agora dividirá o palco com artistas de rock, samba rock, e música popular brasileira”, destaca Daniel Hunger, presidente do Instituto Arlindo Ruggeri, órgão gestor da OSNH.


A primeira apresentação está marcada para o dia 18 de maio com a banda Calote, de Porto Alegre, com um repertório de samba rock. No dia 15 de junho, a participação é da banda Dingo Bells, de indie rock gaúcho. Já para o dia 13 de julho, Dia Mundial do Rock, a orquestra reedita a parceria com a banda The Dogs, na segunda edição do Rock in Concert, com releituras de clássicos de Elvis Presley, Queen, Metallica e Led Zeppelin, entre outros. Para fechar a sequência de espetáculos, no dia 17 de agosto, o carioca Mario Adnet, compositor e instrumentista, indicado ao Grammy Latino 2016 com seu álbum Jobim Jazz, vai proporcionar ao público uma experiência musical arrebatadora, apresentando um especial dedicado ao maestro Tom Jobim.

Sobre a Orquestra

A OSNH nasceu como uma banda municipal e, no início da década de 1990, passou a ser administrada pelo Instituto de Arlindo Ruggeri, entidade sem fins lucrativos que leva o nome do primeiro regente do grupo. Atualmente, o grupo reúne 31 músicos entre os naipes de metais, madeiras, palhetas, contrabaixo e percussões. Tombada como Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural de Novo Hamburgo em 2008, a OSNH é uma das orquestras mais antigas do Estado. Está ligada à história de Novo Hamburgo, marcando presença nos principais eventos do município.

De olho no futuro, a orquestra investe na formação de crianças e jovens por meio de projetos em conjunto com a administração municipal. Criado em setembro de 2018, o Núcleo de Orquestras Jovens oferece aos alunos de escolas municipais, aulas de instrumento, teoria, percepção musical e prática de conjunto coletivo.

Hoje, o programa contempla cerca de 100 alunos, distribuídos em polos de regiões de maior situação de vulnerabilidade social. “O próximo passo é abranger as 52 escolas de Novo Hamburgo. 1.350 instrumentos já foram adquiridos, e cada escola de Novo Hamburgo receberá 25 instrumentos entre contrabaixos, violoncelos, violas e violinos. Parte dos recursos são através do Ministério da Educação, resta agora captar o restante para a contratação de professores”, finaliza Daniel.

SERVIÇO:

O que: Projeto Quatro Ventos – 70 anos da OSNH

  • 18.05 OSNH +Calote Samba Rock
  • 15.06 OSNH + Dingo Bells
  • 13.07 Rock in Concert – OSNH + The Dogs
  • 17.08 OSNH +Mario Adnet – Especial Tom Jobim

Valor: R$ 30,00
Lote promocional – 4 concertos +CD da OSNH por R$ 110
Vendas: Blue Ticket https://site.blueticket.com.br/

Classificação: Livre

*Fotos: Diogo Mascarenhas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s