Associação Gaúcha de Escritores divulga os vencedores do Prêmio AGES Livro do Ano 2021

A Associação Gaúcha de Escritores anunciou, nesta terça-feira, 16, os vencedores da 19ª edição do Prêmio AGES – Livro do Ano. Nesta edição, foram 159 obras inscritas e os concorrentes estão divididos em nove categorias. Os escritores associados à entidade escolheram em votação, encerrada no dia 14 de novembro, as obras vencedoras nas nove categorias concorrentes ao Prêmio AGES.

Em decorrência da pandemia, a leitura das obras para seleção dos Finalistas, foi realizada através de uma sala virtual, onde todos os livros inscritos estavam disponíveis, em PDF, exclusivamente aos jurados. Após a escolha das obras Finalistas, os associados, então, receberam instruções para cadastramento no Portal, tendo assim, acesso aos livros Finalistas, para leitura e posterior votação.

O livro mais votado em cada categoria recebe o Prêmio Ages Livro do Ano 2021. Os vencedores foram anunciados em Live na página da AGES no Facebook. Na ocasião, tivemos a participação da Homenageada do Prêmio AGES Livro do Ano 2021, Lilian Rocha. Mulher, poeta, negra, gaúcha, profissional da saúde. musicista e um dos nomes mais participativos da cena literária da capital.

A lista dos vencedores segue abaixo:

  • Categoria Poesia: Pretos de Peleia – Renato de Mattos Motta
  • Categoria Crônica: O monstro e a flor: Crônicas da Quarentena – Pablo Morenno e Aleixo da Rosa
  • Categoria Não-ficção: Crianças invisíveis – trabalho infantil nas ruas e racismo no Brasil – Elisiane Santos
  • Categoria Infantil: A montanha mais perto do céu – Eleonora Medeiros
  • Categoria Juvenil: A menina que morava no sino – Celso Gutfreind
  • Categoria Narrativa Longa: Os supridores – José Falero
  • Categoria Narrativa Curta: Deus não protege os certinhos & outros minicontos impuros – José Eduardo Degrazia
  • Categoria Especial: Retratos de camafeu: biografias de escritoras sul-rio-grandenses – Maria Eunice Moreira
  • Categoria Livro do Ano 2021: Deus não protege os certinhos & outros minicontos impuros – José Eduardo Degrazia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s