Representatividade de artistas negros é tema de debate em projeto on-line e gratuito do MARGS

Nesta semana está sendo lançado o projeto “Presença Negra no MARGS“, que consiste em um amplo e extenso programa institucional propondo o debate e a reflexão sobre a presença e representatividade de artistas negros e negras no Acervo Artístico do Museu e também no sistema da arte.  

A iniciativa será desenvolvida entre 2021 e 2022, trazendo a público conferências, palestras, encontros, cursos, debates, conteúdos e diversas ações com artistas, teóricos/as, pesquisadores/as, curadores/as e intelectuais negros/as e do pensamento negro no Brasil, incluindo agentes de movimentos sociais e ONGs.

Entre os temas abordados estão:

  • A noção de arte afro-brasileira;
  • As intersecções entre relações sistêmicas da arte e raça;
  • Os processos de discussão decolonial em instituições culturais brasileiras;
  • Os mecanismos e estratégias para uma educação antirracista a partir da arte; e
  • O papel dos museus e das instituições na implementação de políticas e ações, sobretudo desde o Sul do Brasil.

A programação completa será apresentada em uma live na quinta-feira, 10, às 19h, no YouTube do MARGS, com participação dos pesquisadores Igor Simões (UERGS) e Izis Abreu, do Núcleo Educativo e de Programa Público do MARGS. 

No dia 17, também às 19h, o MARGS traz a público a conferência “Arte afro-brasileira: entre o visível e o oculto”, apresentada por Hélio Menezes, pesquisador que vem oferecendo relevantes contribuições sobre o tema a partir de sua atuação e projetos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s