Projeto virtual resgata o passado e mostra em detalhes fatos da história de Parobé

Com o objetivo de mostrar às novas gerações todos os fatos e elementos que formaram a cidade de Parobé, o projeto virtual “Trilhando a História de Parobé”, de autoria de Maicon Leite, morador da cidade, resgata a história e homenageia aqueles que construíram o município que, hoje, comporta pouco mais de 59 mil habitantes (dados do IBGE). Através das redes sociais, o projeto proporciona uma volta ao passado por meio da postagem de fotos antigas, relatos de formação, suas características e causos, criando assim um vínculo sentimental com o futuro.

Para Maicon Leite, manter a história da cidade viva é um dos fatores chave para se entender como viviam os antepassados e o que eles deixaram de legado. Para isso, ele conduz toda uma pesquisa para a elaboração dos textos, a maioria em jornais antigos, sites, blogs, artigos, TCCs, consulta com moradores, etc. O resultado de todo esse minucioso trabalho pode ser visto através dos canais do projeto no Facebook, Instagram, YouTube e podcast.

Histórias diárias

Embora a ideia do projeto tenha surgida entre 2017 e 2018, foi com a aprovação do mesmo pela Lei Aldir Blanc do município que tudo tomou forma e, desde dezembro, o público estimado na página no Facebook tem sido de até 70 mil pessoas por mês, com cerca de 40 mil compartilhamentos/curtidas/comentários por mês. É realizado um post por dia, com uma foto antiga e informação sobre aquela foto, bem como alguns especiais, como a Semana do Plebiscito, onde no dia 28/03 foram postadas três fotos/textos.

Sobre o autor

Maicon Leite, natural de Parobé, é um dos colaboradores mais antigos da maior revista de Heavy Metal do Brasil, a Roadie Crew. O autor colaborou também com artigos para o jornal Zero Hora. Em 2013 e 2015 trabalhou como especialista das bandas Ghost e Metallica (2013) e Metallica e Slipknot (2015) para a Rede Globo, na cobertura oficial (e ao vivo) do festival Rock in Rio, onde, no show do Metallica em 2015, entrou ao vivo na programação, ao lado do vocalista Dinho Ouro Preto, do Capital Inicial. Em 2014 lançou, ao lado de Douglas Torraca e Luís Augusto Aguiar, a primeira parte da trilogia “Tá no Sangue – A História do Rock Pesado Gaúcho”, livro que conta toda a história do som pesado gaúcho desde seus primórdios. O livro teve uma sessão de autógrafos bastante requisitada na 60º Feira do Livro de Porto Alegre, em novembro de 2014.

Atualmente graduando em história pela FACCAT de Taquara/RS, Maicon Leite também colaborou para a revista Leituras da História, onde publicou artigos variados, e atualmente colabora com a revista Aventuras na História. Ambas revistas físicas dedicadas a área e com grande tiragem nacional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s