Oficina de Choro abre vagas para aulas virtuais e gratuitas de educação musical

Oficina de Choro inicia seu 17º ano com novidades. Depois de expandir seu campo de atuação, com aulas ministradas virtualmente durante a pandemia, o projeto se reestruturou para seguir atendendo o público crescente. Com apoio do Instituto Ling pelo terceiro ano consecutivo, a iniciativa começa 2021 com um novo curso gratuito de educação musical a partir da linguagem do choro, com o objetivo de ampliar o espaço do gênero no país através da formação de grupos e do incentivo a novos compositores.

Além das já tradicionais disciplinas teóricas, que exploram harmonia e história da música, e as aulas práticas de instrumento, o projeto ampliará seu programa na área de criação, voltada à composição de choros e sambas. “É uma área que já vinha dando certo nos últimos anos, mas agora esse será um dos nossos focos, uma vez que temos o objetivo de aumentar o repertório brasileiro, olhando para o futuro, buscando novos compositores em aulas que incentivam a criatividade”, explica o músico Mathias Pinto, coordenador do projeto há sete anos.

A iniciativa também quer possibilitar a circulação da música de choro em shows e apresentações pelo país e por isso incentivará os alunos a criarem parcerias. “Desde a entrada do aluno na oficina, ele já será direcionado a formar o seu grupo de choro. Isso faz parte de uma reestruturação e de um reposicionamento do projeto, que tem o objetivo geral de multiplicar a música de choro em diversos espaços”, completa.

Coordenador do projeto “Oficina de Choro”, Mathias Pinto. Foto: Tom Silveira

Durante o primeiro semestre deste ano, os alunos poderão participar das disciplinas de Composição de Choro, Roda de Choro, além da turma de Novos Chorões, voltada para os iniciantes. O curso é destinado a públicos de todas as idades, com ou sem experiência, e a interessados em diversos instrumentos, como violão, cavaquinho, bandolim, pandeiro, sopros e teclas, e também para cantores.
 
As novas aulas serão viabilizadas gratuitamente a partir do dia 6 de março. Diante da pandemia, os encontros serão mantidos no formato on-line, que fez sucesso em 2020. Entre março e dezembro do último ano, o projeto realizou cerca de 70 aulas virtuais, agregando alunos de outras cidades do Rio Grande do Sul e do país.
 
As inscrições para o primeiro semestre da Oficina de Choro podem ser feitas até o dia 3 de março pelo e-mail oficinadechoroinstitutoling@gmail.com, assim como pelas redes sociais do projeto, no Facebook e no Instagram. As vagas são limitadas, e os interessados serão submetidos a um processo de seleção, de acordo com o nível de conhecimento musical.

Sobre a Oficina de Choro

A Oficina de Choro vem exercendo um papel decisivo para o crescimento da cultura do choro e da música popular brasileira no Rio Grande do Sul, além de se destacar como um dos três maiores projetos voltados ao ensino de choro no país. Somente nos últimos dois anos, o projeto acolheu mais de 500 alunos que receberam formação musical em diferentes aulas abertas ao público.

O projeto tem direção artística de Mathias Pinto, curadoria e produção da Branco Produções, patrocínio de Crown Embalagens, com a realização do Instituto Ling e do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s