Claudir dos Santos lança livro sobre a canoagem de Três Coroas na próxima sexta-feira

A ligação de Três Coroas com a natureza, especialmente com o Rio Paranhana, é inegável. Conhecida como Cidade Verde, ela exporta talentos e sedia momentos históricos na canoagem mundial. De suas águas e dessas histórias é que surge o primeiro livro do escritor Claudir dos Santos, uma obra jornalística que vai eternizar alguns desses momentos e personalidades. “No rio que corre ligeiro” marca a estreia do jornalista na literatura, que com seu olhar e escrita sensíveis retratam o legado do esporte. O lançamento acontece na próxima sexta-feira, 11, integrando a programação da Feira Cultural e Literária de Três Coroas, com transmissão pelas redes sociais do evento.

Exatamente em dezembro de 2019, Claudir anunciava o lançamento do livro, previsto para ser apresentado em março de 2020. Com a pandemia, muitos planos mudaram e agora a obra é apresentada junto a um dos principais eventos culturais da região. Aquém das mudanças, o momento deixa o autor ansioso e feliz. “Poder realizar o lançamento em um momento de pandemia, através de uma live, para pessoas que não poderiam prestigiar presencialmente, me empolga. A feira, pensada pra esse formato, tem toda relação com o tema ‘virar a página é transformar’. Acho que é um bom tema pra refletir nesse momento, quando não podemos resistir às mudanças”, pontua.

Os livros de Claudir já estão disponíveis para compra na Livraria CineBox e para download no site da editora.

Receptividade empolga o autor

Ter sua obra em mãos e poder apresentá-la ao mundo deixou Claudir emocionado, assim como os feedbacks que vem chegando. “Está sendo incrível a receptividade e o retorno das pessoas nesse primeiro momento. Muita gente se identifica com acontecimentos da canoagem de Três Coroas e relata uma nostalgia ao ler um pouco sobre isso. Mas também estou surpreso pelos relatos de pessoas de outros estados, que nem conhecem a cidade, que leram a versão digital e revelam o interesse por conhecer a Três Coroas e talvez até fazer um rafting no rio que corre ligeiro”, declara.

O escritor pretendia reunir algumas pessoas que deram entrevistas e pessoas que fazem parte do projeto para o lançamento, mas em função das restrições pela bandeira vermelha isso não será possível. Também não há ainda a perspectiva de realização de atividades com sessão de autógrafos presencial, por exemplo. “Existe a intensão de fazer algo na Cinebox, onde o livro já está a venda. Também quero muito ter um momento no Parque das Laranjeiras, um lugar onde podemos sentir um pouco mais a história da canoagem”, projeta o autor. Em breve, um novo lançamento deve ser realizado por Claudir. Ele teve o projeto de um livro aprovado no edital da Lei Aldir Blanc, ainda seguindo no universo da canoagem, mas desta vez com uma biografia.

A obra “No rio que corre ligeiro” está sendo vendida no valor de R$ 30,00 e pode ser adquirida na Livraria CineBox, em Três Coroas. Ainda é possível fazer o download do livro ou ler em formato digital, gratuitamente, no site da editora.

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s