Dia da Consciência Negra: 6 filmes para refletir sobre o assunto

Oii, gente. Tudo?

Para a coluna de hoje vou trazer um tema muito importante, mas que infelizmente é pouco abordado e lembrado. Na minha experiência de estudante ouvi poucos professores darem destaque para o Dia da Consciência Negra. Como isso sempre me incomodou, vou falar um pouco sobre essa data e indicar alguns filmes que retratam a época da escravidão, alguns que trazem à tona a cultura negra e outros que trazem destaque para pessoas negras.

O que é Consciência Negra?

Consciência Negra é uma expressão que marca a percepção histórica e cultural que os negros tem de si mesmos. Também representa a luta dos negros contra a discriminação e a desigualdade social.

A celebração desta data ocorre no dia 20 de novembro por, neste mesmo dia, em 1695, ter sido o dia da morte do líder negro Zumbi dos Palmares, que lutou contra a escravidão no nordeste. A celebração relembra a importância de pensarmos sobre a posição dos negros na sociedade, afinal as gerações que sucederam a escravidão sofreram e ainda sofrem muitos tipos de preconceitos. 

Zumbi dos Palmares: quem foi, infos e resumo completo

Então, vamos lá dar uma olhada na lista que preparei para vocês?

Cidade de Deus – 2002

Baseado no livro homônimo de Paulo Lins, o filme brasileiro conta a história de Buscapé (Alexandre Rodrigues), um jovem negro, pobre e muito sensível, que cresce em meio a muita violência. Ele vive na Cidade de Deus, uma favela carioca conhecida por ser um dos lugares mais violentos da cidade. Buscapé tem medo de acabar se tornando bandido, mas acaba sendo salvo deste destino por causa de seu talento como fotógrafo. O garoto analisa o cotidiano da favela por detrás das câmeras, onde a violência parece que não acaba.

Após sucesso em Cidade de Deus, atores tiveram destinos contrastantes -  Jornal O Globo

Django Livre – 2012

Django (Jamie Foxx) é um escravo livre que se une a um caçador de recompensas alemão, o Dr. King Schultz (Christoph Waltz). Schultz está em busca dos irmãos Brittle e somente o escravo pode levá-lo até eles, já que são seus antigos donos. Os dois acabam se tornando amigos e o alemão ajuda Django a encontrar e resgatar sua esposa, Broomhilda (Kerry Washington).

A busca de ambos os levam até Calvin Candie (Leonardo DiCaprio), uma pessoa cruel que gosta de assistir seus escravos duelarem até a morte. Após encontrar Broomhilda, Django e Schultz precisam de sorte, balas e força para sobreviver e conseguir sair de lá com ela.

Недавно посмотрел "Джанго освобожденный". Очень понравилось, хочу  посмотреть еще какой нибудь качественный Вестерн. ...: valeruny | Паб |  Канобу

Django Livre venceu dois Oscars, de Melhor Roteiro Original e Melhor Ator Coandjuvante, com Christoph Waltz. O filme está disponível no catálogo da Netflix.

12 Anos de Escravidão – 2014

O filme se passa no final do século XIX e conta a história real de Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor), um homem negro nascido livre que vive em paz com sua esposa e filhos. Solomon aceita um trabalho em outra cidade mas é sequestrado e vendido como escravo. Ele precisa aceitar humilhações físicas e emocionais para sobreviver. O longa expõe cenas fortes de como as pessoas negras eram tratadas na época pela elite branca.

Durante os doze anos em que Solomon vive como escravo, ele passa pelos dois senhores, Ford (Benedict Cumberbatch) e Edwin Epps (Michael Fassbender), onde cada um deles explora os serviços dele de alguma forma.

XI SETTIMANA DEL CINEMA | Liceo Classico e Scuola Media - Fratelli Maristi  - Taormina

12 Anos de Escravidão venceu três Oscars: Melhor Filme, Melhor Atriz Coadjuvante (com Lupita Nyong’o) e Melhor Roteiro Adaptado.

Estrelas Além do Tempo – 2016

O filme conta a história real de três cientistas negras que trabalham na NASA: Katherine Johnson (Teraji P. Henson), Mary Jackson (Janelle Monáe) e Dorothy Vaughn (Olívia Spencer). Em plena Guerra Fria, Estados Unidos e União Soviética estão em uma corrida para ver qual país consegue mandar o primeiro homem para o espaço. Essas três cientistas e amigas foram cruciais para que o homem americano conseguisse o feito. 

O longa traz três mulheres que precisam estar sempre provando sua competência para que possam se destacar dentro da NASA. Ele traz também uma luta contra o racismo e o machismo dentro da maior companhia de pesquisa espacial do mundo.

Retratada no filme 'Estrelas além do tempo', matemática negra que quebrou  barreiras na Nasa morre aos 101 anos - Jornal O Globo

Moonlight: Sob a Luz do Luar – 2016

A trama é dividida em três partes, todas elas contam diferentes etapas da vida de Chiron, um garoto/homem negro e gay, morador de uma comunidade pobre de Miami. O filme relata o bullying na infância, uma crise de identidade na adolescência e a tentação pelo mundo do tráfico e das drogas. Com uma mãe dependente química, Chiron, um garoto muito sozinho, encontrou o amor em um lugar inesperado, junto de Teresa (Janelle Monáe) e do vendedor de drogas Juan (Mahershala Ali).  

Chiron no filme é vivido por três atores diferentes. Na primeira etapa quem dá vida ao personagem é Alex Hibbert; na segunda parte é o ator Ashton Sanders; e na última etapa ele é vivido por Trevante Rhodes.

Acheter Moonlight - Microsoft Store fr-FR

Moonlight levou três das estatuetas mais desejada do cinema, sendo elas a de Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante (com Mahershala Ali) e Melhor Roteiro Adaptado. O filme está disponível no catálogo Netflix.

Pantera Negra – 2018

Embora Pantera Negra seja uma ficção, a produção traz protagonismo negro para as telas, já que podemos ver um elenco formado por praticamente só pessoas negras. O filme ressalta a história, cultura e realidade do povo negro e reflete as consequências da colonização nos países africanos.

Na história do filme, o herói T’Challa (Chadwick Boseman) retorna ao reino de Wakanda para assumir o posto de rei, após a morte de seu pai. Na cerimônia de coroação são reunidas todas as cinco tribos que fazem parte do reino.

Pantera Negra de Wakanda para o mundo | Correio Notícias

Pantera Negra conquistou três Oscars: Melhor Trilha Sonora Original, Melhor Figurino e Melhor Direção de Arte. O segundo filme da história do nosso herói de Wakanda está previsto para 2022. Devido a morte de Chadwick, os roteiristas precisaram repensar a nova produção, mas todos esperamos que seja um sucesso.

Nesta coluna, quero finalizar com uma frase de uma das personalidades negras mais importantes do mundo, Nelson Mandela. Eu espero que cada um reflita ao lê-la e pense em como o mundo seria melhor se nós, simplesmente, soubéssemos amar mais.

 “Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, elas podem ser ensinadas a amar”.

Nelson Rolihlahla Mandela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s