Abicalçados comemora derrubada de veto à desoneração da folha

O presidente-executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Haroldo Ferreira, que acompanhou a análise do veto presidencial à desoneração da folha de pagamentos no Congresso Nacional, comemora a derrubada do mesmo na tarde de hoje, 04 de novembro.

Para o dirigente, a decisão mostrou sensibilidade política dos parlamentares quanto à importância da manutenção da desoneração da folha de pagamentos para 2021. “Desde julho, estamos trabalhando incessantemente pela sensibilização não somente do Governo, mas dos parlamentares. A reoneração a partir de 2021 jogaria um balde de água fria na recuperação gradual que temos experimentado nos últimos meses de um ano para se esquecer”, destaca Ferreira.

O presidente-executivo da entidade também ressalta que o fim da desoneração teria um impacto de agregação de R$ 572 milhões em carga tributária para o setor. “Invés de continuarmos contratando, teríamos que desligar mais funcionários”, diz. Conforme levantamento da Inteligência de Mercado da Abicalçados, a reoneração causaria a demissão de mais de 15 mil trabalhadores ao longo de 2021. 

Medida fundamental

Em voga desde 2012, a desoneração da folha de pagamentos permite que empresas de 17 setores intensivos em mão de obra substituam o pagamento de 20% sobre a folha de salários por 1% a 4,5% do receita bruta, excluindo exportações. No caso do setor calçadista o pagamento aos cofres públicos é de 1,5% da receita. “A medida tem sido fundamental para a manutenção de postos de trabalho, ainda mais em momentos de crise, como o que passamos em 2020”, finaliza Ferreira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s