Unisinos lança programa de incubadoras para municípios de pequeno e médio porte

Na manhã da última quinta-feira, 08, a Unidade de Inovação e Tecnologia – Unitec, incubadora do Parque Tecnológico São Leopoldo – Tecnosinos, apresentou o programa +Startups: Rede Unitec de Incubadoras Locais. Com um convite estendido a outros municípios, a iniciativa criará uma rede de incubadoras locais para incentivar o surgimento e a manutenção de novas empresas de base tecnológica.

Para a CEO do Tecnosinos e diretora da Unitec, Susana Kakuta, o programa é uma iniciativa simples, mas que traz uma contribuição real para o Rio Grande do Sul. “Através desse programa, estamos convidando outros municípios, em especial de pequeno e médio porte, a participarem do nosso Parque. Desde a sua concepção, o Tecnosinos trabalha com o modelo de tríplice hélice, o que gera um grande ganha-ganha e contribui com o crescimento do Estado. Nossa primeira incubadora nesse programa será a cidade de Esteio”, destacou Kakuta. 

O Programa +Startups: Rede Unitec de Incubadoras Locais criará uma modalidade de incubação híbrida, que será direcionada a agentes externos, como prefeituras e polos setoriais, que estejam interessados em alavancar o desenvolvimento regional ou local através do surgimento e maturação de novas empresas de base tecnológica. Nessas novas unidades, a Unisinos também poderá disponibilizar outros serviços de educação, como por exemplo, polos de educação a distância, cursos de extensão e projetos corporativos.

Lançamento oficial da iniciativa contou com representantes de diversas prefeituras do Estado, integrantes da Associação Comercial Industrial (ACI) dos municípios da região e membros de polos setoriais interessados em investir no desenvolvimento regional e local

Para a presidente da Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul), Simone Leite, essa união entre a academia, o setor privado e as prefeituras é muito produtiva. “Nós precisamos melhorar o ambiente empreendedor possibilitando que as pessoas tenham oportunidades, em especial nesse momento de crise que estamos vivendo”, reforçou Leite.

O presidente da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), Emanuel Hassen de Jesus, destacou a importância do programa para todas as cidades. “Fiquei contente porque o projeto apresentado é viável também para os municípios pequenos, que sozinhos não teriam condição de promover ações nesse sentido, em especial nesse ano de pandemia”, ponderou Hassen. 

A iniciativa tem como objetivo fomentar o desenvolvimento de startups em todo o Rio Grande do Sul e oportunizar aos municípios a inserção na economia do conhecimento, como opção à economia local, possibilitando a participação de empresas de base tecnológica, sediadas nas cidades parceiras, no programa de incubação da Unitec. Além de promover a retenção de jovens talentos na região. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s