Ainda é Setembro!

“Olá, eu sou Ninguém.
Não, esse não é meu nome, mas escrevo assim, na primeira pessoa com letra maiúscula.
Escrevo assim, porque ser ninguém às vezes é tão profundo dentro de mim, que nem sempre sei quem sou, me esqueço mesmo.
Muitas vezes me sinto invisível, por vezes me sinto dispensável e quase nunca me sinto imprescindível.
Mas nem sempre eu fui assim. Já fui forte, alegre e transparente. Hoje visto essas características como uma fantasia que uso na maior parte dos meus dias.
E assim, vou sendo levado pela vida quase que conduzido pela mão, por esse ser grotesco chamado tristeza.
Eu sei que tenho dentro de mim coisas boas as quais posso me apegar para reagir, mas perdi a trilha de migalhas que deixei pelo caminho.
Eu já falei que sou Ninguém? Já né!?
A essa altura já deve dar para notar que tenho depressão. E esse texto são as primeiras palavras que escrevo “abertamente” sobre isso.
Eu tenho um nome, mas me sinto ninguém quando por dias não perguntam se estou bem.

Me sinto ninguém quando tenho que disfarçar a tristeza pois é isso que esperam de mim.
Me sinto ninguém pois tenho medo que pensem que minha depressão é frescura.
Mas meu ninguém tem esperança. Lá no fundo mas tem.
E esse é o meu recado final. Não é feio sentir-se como um ninguém, mas procure tua esperança e tuas motivações dentro de ti e quando não encontrar em você, procure no acaso, mas não deixe de procurar.”

Assim como este relato, a imagem também foi escolhida por “Ninguém”.
Ele sugere assistirmos ao vídeo no YouTube chamado Um cachorro preto chamado Depressão (disponível abaixo).
Ele ainda diz: “Muri eu escrevi com o coração!”

Não foi uma sessão de coaching. Foi uma daquelas boas conversas de quem eu acabei de conhecer. Nossa conversa gerou confiança e permitiu que esta pessoa – que não é ninguém e sim alguém -, a abrir aquilo que, muitas vezes, escondemos de quem conhecemos há anos. 

E pode ser que para estes “alguéns” os “ninguéns” precisem dar conta, ser fortes e se deixar para depois.

Ainda é setembro! Falar de depressão não é para ser apenas em setembro!

Depressão não pode ser conduzido por nós coaches! Obrigada pela nossa conversa e espero que você se encontre em você mesmo, te coloque em primeiro lugar e peça ajuda de um psicólogo para te ouvir e te conduzir.

Não estamos sozinhos e merecemos ajuda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s