Solidariedade: 1ª live Mateartchê arrecada mais de meia tonelada de alimentos

Não era pra ser de jeito
Nosso rancho não tinha tramela
As cancelas eram abertas
Quem quisesse era só chegar.

Não era pra ser desse jeito
O mate era dividido,
Os abraços eram compridos,
Os encontros divertidos,
Era bom de aglomerar.

Não era pra ser desse jeito
Mas bamo larga o choro,
O gaúcho se refez de novo
Se ergueu como em 35.
Claro que falta eu sinto
De ver a praça bonita,
Bombachudos e vestidos de chita
Se perdendo na fumaça.

Era pra ser diferente,
Mas tendo saúde minha gente,
Ano que vem nos encontramos.
Chega de rimar com tristeza, puxa ai a tua prenda,
Não esquece dos cuidados,
Tem baile com o Sangue farrapo
E o fandango na tua casa.

Se não foi possível reunir as famílias e amigos junto à praça do Bairro 15 de Novembro, onde anualmente é realizado o Mateartchê, o evento migrou para a casa das pessoas. Fazendo companhia no almoço de domingo, 20 de setembro, a 1ª live Mateartchê celebrou o tradicionalismo com afinco: olimpíada crioula, culinária, poesia e muita música gaúcha, com o Grupo Sangue Farrapo e a dupla Felipe e Maxwell. Além da parte cultural, o evento cumpriu outra função importante: a solidariedade, com a arrecadação de mais de meia tonelada de alimentos.

Daisi Maciel, uma das organizadoras, pontua que o objetivo foi plenamente alcançado, uma vez que quanto maior fosse a doação, mais pessoas seriam beneficiadas. “Foi extremamente gratificante e sem dúvida alguma valeu cada segundo da dedicação da comissão organizadora. Mesmo sendo apenas um dia e em um formato totalmente diferente do evento realizado na praça, foi necessário muito empenho de todos. Alcançar meia tonelada de alimentos nos deixou extremamente realizados”, comemora emocionada.

Ela pontua que o Mateartchê sempre foi e será um evento que tem como objetivo fundamental manter a cultura gaúcha próxima e acessível a todos. “Recebemos muitas mensagens parabenizando a ação pela organização e desenvolvimento. O número de visualizações, sendo algumas até de outros países, nos fez sentir que nosso dever foi cumprido. A comissão agradece com carinho a todos os envolvidos: patrocinadores, músicos convidados, participantes do leilão e aos amigos que passaram um tempo desse dia tão especial conosco. Foi assim que a live se fez especial e marcante”, declara. A ação teve a coordenação contou ainda com Rosane Maciel, Rubens Lopes, Márcia Augustin, Chico Wasem, Gelson Souza, Everaldo Ademir Guintzel, Maíra Martins e Valmir Piecatoski da Silva (Vano).

A transmissão ao vivo pelo Facebook recebeu mais de seis mil visualizações, nas 3 horas e meia de evento. Os alimentos arrecadados serão repassados às famílias dos alunos das escolas estaduais de Igrejinha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s