Profissionalização: ONG Vida Breve inicia elaboração de planejamento estratégico

Buscando profissionalizar a sua gestão e, assim, conseguir ainda mais resultados para a comunidade, a ONG Vida Breve, de Taquara, iniciou, recententemente, a elaboração do seu planejamento estratégico. Liderados pelo professor Airton Schirmer, um grupo de voluntários foi formado para a tarefa, que conta com a experiência do mais novo voluntário da entidade, Marcos Kayser, filósofo especialista em planejamento estratégico.

Completam o time Danúbia Schirmer e Mateus Padilha, filha e genro do professor Airton, a servidora da Receita Federal, Vanessa Sanches, e os servidores da Justiça do Trabalho, Luíza Rypl, Diogo Corrêa e Janaína Rypl. As reuniões ocorrem de forma remota via internet, considerando o contexto de pandemia.

Diagnóstico e metas

Dentre as etapas já realizadas estão a realização de um diagnóstico estratégico com o apontamento das forças, fraquezas, oportunidades e ameaças que a ONG enfrenta e tem por enfrentar. Segundo o professor Airton, a ideia é pavimentar a estrada que a Vida Breve tem a percorrer para atingir seus objetivos cada vez com mais qualidade. “O planejamento estratégico vai nos trazer mais organização interna e uma nitidez maior sobre o que devemos priorizar”, cita Airton. Outra etapa já vencida foi a definição das metas para os próximos dois anos e dos projetos que serão desenvolvidos.

Um deles é o projeto de desenvolvimento de parcerias com empresas que se preocupam com sua responsabilidade social e com pessoas físicas que poderão contribuir com o trabalho da ONG. Já são 13 anos de atividades em benefício de crianças e adolescentes da periferia do município de Taquara, tendo participado do quadro “Um por todos e Todos por um” do programa “Caldeirão do Huck”, em 2015. Mesmo assim, muitos não conhecem a Vida Breve. Pensando nisso, uma das ações será o desenvolvimento de um novo site para dar ainda mais visibilidade e transparência para a entidade.

Professor Airton comanda o projeto criado por ele em 2007

Admiradora do trabalho da Família Schirmer, Janaína reforça a necessidade de apoiar o planejamento da entidade: “A ONG Vida Breve, pela seriedade e amor dedicado às crianças e jovens, é merecedora de nosso apoio. Fico muito feliz em participar desse projeto que abraça a educação através da música, da dança e da matemática, construindo pontes para um mundo melhor”. Diogo, voluntário da entidade desde 2017, lembra que o contexto de pandemia tornará mais complicada a manutenção dos trabalhos da ONG, principalmente a questão financeira. Nesse contexto, entende que o planejamento estratégico auxiliará muito no enfrentamento desses desafios.

Segundo Marcos Kayser, a ONG terá todo o seu planejamento estruturado no Scopi, plataforma de planejamento, desenvolvida para auxiliar no acompanhamento das metas e dos planos de ações. “Estamos muito felizes de poder ajudar a Vida Breve, que já faz um trabalho fantástico com as crianças. É recompensador.” O Scopi está sendo cedido gratuitamente e faz parte do projeto Brasil Planeja, patrocinado pela Scopi.

Para conhecer mais sobre a história e as atividades da ONG acesse o site vidabre.org. Nas redes sociais, facebook.com/OngVidaBreve e instagram.com/ong.vidabreve também é possível acompanhar as ações.

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s