O bom da vida

Todo mundo está habilitado e de braços abertos para receber o que é bom. Fartura, prosperidade e felicidade são metas de qualquer ser humano para si e pra os seus. Quando o outro, o desconhecido, o desafeto ou aquele vizinho mal-encarado recebe mais bençãos do que você, tem alguma coisa errada. Como assim, carro novo, casa na praia, viagem para Paris?

O olhar que inveja a felicidade alheia embaça a visão de quem não enxerga para dentro de si. Ofusca a própria vida para cobiçar o alheio, sem focar naquilo que realmente precisa para viver bem, em paz com suas próprias conquistas e atento ao que ainda pode vir, de bom e de ruim, porque nem tudo é um mar de rosas, até para o mais rico dos cidadãos dessa terra.

Comparar-se com os outros gera esse desconforto, uma sociedade insatisfeita e ranzinza, invejosa e frustrada, que tenho acompanhado cada vez mais a distância com um acerto alívio, devo confessar, que me tem feito muito bem e me tornado uma pessoa mais apta a aceitar as coisas realmente boas, e até as não tão boas, partes inseparáveis da existência, enquanto estivermos por aqui.

comparações

Perda de tempo desejar a infelicidade do outro. Energia desperdiçada canalizar inveja a quem sequer sabe da sua existência. Momento de apologia à ignorância, ao ódio a tudo o que difere e se destaca, fúria contra aos mais afortunados e felizes, como se ter dinheiro, ser alegre ou levar uma vida de tranquilidade e afetos fosse crime. E é, ao menos para os míopes que miram apenas nas conquistas alheias e esquecem de colocar as lentes multifocais para ampliar suas mentes.

Espelhar-se nos bons exemplos e realizações altruístas tem mérito e recompensa para quem sabe refletir em si o melhor do outro. Pecado não é ser feliz, ser rico (de amigos, de dinheiro, de alegria) ou ser próspero. Pecado é matar o presente a cada instante perdido no olhar distante e embaçado voltado para aquele que segue o mesmo caminho que o seu, mas sorri com a leveza de quem não precisa de mais nada porque anda de mãos dadas com a melhor companhia, a sua, investindo na própria felicidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s