Copa Brasil de Canoagem Slalom agita Três Coroas

No último final de semana, o belo cenário natural do Parque Municipal das Laranjeiras, em Três Coroas, recebeu a 1ª Etapa da Copa Brasil de Canoagem Slalom, durante a 10ª edição dos Desafios da Natureza. Participaram das provas 107 atletas de todo o país. Neste último dia de competição aconteceram as disputas das semifinais e finais além das provas de Canoagem Slalom Extremo. O Instituto Meninos do Lago conseguiu 1525 pontos na 1ª, e 1850 na 2ª divisão e foi o time vencedor do evento.

No K1 Masculino Sênior o atleta prata da casa Guilherme Mapelli representando a ASTECA – Associação Trêscorense de Canoagem foi o mais rápido e fez o tempo e 93.83s. Ele teve um toque durante a descida, mas mesmo assim fechou com o melhor tempo. “A pista de hoje tinha um pouco mais de água e foi uma prova bem técnica, acho que isso também foi o diferencial para eu conquistar a medalha”, comenta. Completou o pódio com a prata Murilo Sorgetz, também de Três Coroas, e a medalha de bronze ficou com Lucas Boretti da APEN – Associação Pirajuense de Esportes Náuticos de Piraju/SP.

canoagem Guilherme Mapelli
Três-coroense Guilherme Mapelli ficou com a medalha de ouro na Canogem Slalom. Foto: Diego Land

O mais rápido do K1 Masculino Júnior foi Lucas Machado Louzada representando o IMEL – Instituto Meninos do Lago de Foz do Iguaçu, ele completou o percurso em 100.87s em uma prova limpa sem penalidades. “Gostei do meu resultado, treinei bastante e agora quero tentar também ser campeão no Brasileiro que vai acontecer em casa no mês que vem”, comenta o canoísta já pensando na expectativa do Campeonato Brasileiro que vai acontecer em Foz do Iguaçu no Paraná entre os dias 04 a 06 de outubro. O segundo lugar nessa categoria foi conquistado por Guilherme do Espírito Santo (APEN) e a terceira colocação ficou com Lucas Boretti (APEN).

Na prova do C1 Masculino Sênior Leonardo Curcel levou a medalha de ouro com o tempo de 112.35s, “estou muito feliz com esse resultado, nas eliminatórias eu tinha ficado em segundo lugar e agora conquistar o primeiro lugar foi muito bom”, diz Curcel, ele é atleta do IMEL. Na segunda colocação Thiago Serra da ASCAPI – Associação de Canoagem de Piracicaba/SP e em terceiro Gabriel Henrique da Silva (IMEL).

Pela disputa do C1 Masculino Júnior, outro canoísta do IMEL foi campeão, Edmar Borba com o tempo de 113.37s, ele dividiu o pódio com Diogo Manomics que ficou em segundo e Igor Siebel na terceira posição, os dois canoístas representam a ASTECA.

Entre as mulheres, Beatriz da Motta da APEN de Piraju/SP foi a mais rápida nas três disputas em que participou, tanto no K1 quanto no C1 Feminino Sênior e também no Canoagem Slalom Extremo Feminino. “A prova estava incrível a organização também, estou muito feliz”, fala.

Mais modalidades

Ainda na programação do Desafios da Natureza foram realizadas as provas da 3ª e última etapa da Copa RS de Dowhill também com três-coroense no pódio. Na categoria Rígida Pró, em que Djhon Grings ficou em segundo lugar e Rafael Santos em terceiro.

Pódio com três-coroenses
Atletas da cidade anfitriã mostraram habilidade e subiram ao pódio. Foto: Diego Land
  • Foto da capa: Fábio Canhete – Canoagem Brasileira
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s