Sua Excelência, o leitor

Talvez um dos maiores feitos da humanidade tenha sido a invenção da escrita. Através dela, perpetuamos registros históricos, estabelecemos formas de comunicação até hoje utilizadas e, de modo subjetivo, exercemos nosso potencial criativo.

Escrever textos, artigos e afins pode ser desde o ganha-pão tanto quanto um hobby… E o processo criativo tem diferentes influências. Para alguns escritores, estar em ambientes de movimento, agitados, pode ser um impulso para a criação de seus textos. Para outros, um espaço pequeno, sossegado, será onde as ideias ganharão forma como “sinais gráficos”, onde ideias serão lançadas em um papel ou tela de computador.

190903 Sua Excelencia Imagem III

E cada autor adotará um estilo, alguns mais sérios, outros mais cômicos, alguns gerarão polêmicas ou até mesmo penderão para o lado do terror, e nessas escolhas encontrará o seu público, seus leitores. Ah, se os leitores soubessem a importância que tem… Um texto sempre parecerá um trabalho a ser aprimorado, por mais que seu autor rascunhe, reescreva, reinterprete… Comigo pelo menos é assim.

Gosto de dizer que os leitores de minhas colunas merecem o tratamento de “Excelências”. Sim, porque se não fosse pelo estímulo desses leitores, os fiéis e os ocasionais, dificilmente eu teria inspiração para escrever.

190903 Sua Excelencia Imagem I

Meus primeiros leitores e inspiradores são a esposa Gabriela e o pequeno Henrique. Das vivências diárias com essa dupla que está sempre comigo, saem grande parte dos assuntos que formam meus textos e reflexões. Até no preparo da mamadeira do filho, durante a madrugada, já ocorreram ideias para colunas e artigos. Pois é, as ideias vêm nas horas mais improváveis.

Com um dos meus melhores amigos, sempre existe a brincadeira de que, como ele é um grande esportista e eu, um “semi sedentário”, a forma de eu ganhar dele é nas palavras mesmo. Como o Deivis e a Poliana são amigos “para todas as horas”, sempre surge dos encontros algum assunto que possa ser abordado. E é muito bom receber um Whats dizendo “legal teu texto”, “Parabéns escritor”, porque vindo de pessoas tão próximas o incentivo é muito maior.

O círculo de relacionamentos normalmente nos traz também os amigos leitores, como a Cláudia Marin, a Lísia Ebling, a Iara Tempas, o Douglas Silva. A Cláudia tem um dom incrível de se expressar em poucas linhas, o que para mim é uma dificuldade. Basta ver o tamanho desse texto aqui… Além disso, a maneira sutil e bem humorada com que aborda certos textos é muito interessante. A Lísia, por sua vez, é uma pessoa com quem adoro trocar ideias pelo otimismo e pelas experiências, além de ser mãe de um grande amigo, que, digamos, empresta o nome ao meu pequeno. Já a Iara, funcionária do protocolo da prefeitura, é a pessoa com quem troco ideias de diferentes assuntos enquanto ela faz os procedimentos inerentes à sua função na prefeitura, sempre com disponibilidade e vontade de resolver. O Douglas, meu xará, é um amigo que lá da distante Horizontina sempre me pede “manda o link” e depois me dá seu feedback.

190903 Sua Excelencia Imagem IV

Mas, por que elencar esses nomes? Porque são pessoas que, a sua maneira, contribuem para que a cada quinze dias, novos textos sejam publicados. Se a inspiração estiver alta, saem até alguns textos extras. Mas o fato é que, no nosso cotidiano, a grande diferença é feita pelas pessoas. Você marcará, pelo bem ou pelo mal, atitudes, gestos ou palavras ditas ou escritas por pessoas com as quais você se relaciona. Aqui, só listei pessoas de boa convivência, daquelas que gosto de encontrar, sejam elas de meu círculo mais próximo, das minhas relações de afeto ou então pessoas que, mesmo não sendo tão próximas, trazem exemplos de convivência, de posicionamento, de compartilhamento, e permitem uma troca benéfica.

Poderia dizer que são meus “Conselheiros de Escrita”, tal qual os Conselhos que existem em muitos reinos mundo afora. Mas na verdade eles são soberanos, são “Excelências”. “Longa Vida ao Rei (ou Rainha)” é uma expressão utilizada em muitas nações cujo sistema de governo é a monarquia, quando um novo monarca ascende ao trono. Então, aos meus leitores fiéis ou ocasionais, das relações próximos ou eventuais, enfim, “Vossas Excelências”, digo, perdão, escrevo: “Longa vida para vocês!”. E que fique registrado…

Anúncios

2 comentários

  1. Eu tenho muito orgulho de ti. Considero minha relação de amizade contigo, uma das coisas preciosas que a vida me oportunizou.
    E saber-me importante para suas inspirações, enquanto “escrevedora” do meu pequeno e rico cotidiano é um privilégio imenso e sincero.
    Obrigada, meu querido, por inspirar tanta gente.
    Como sempre, seu texto é um belo encontro de palavras.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s