Voluntários criam Instituto Desenvolver para promover o empreendedorismo na região

Há quem diga que “você atrai aquilo que acredita”. Para um grupo de profissionais de diferentes áreas, essa frase tem feito bastante sentido. Atuando em diferentes áreas e mercados, eles tinham um objetivo em comum: contribuir com a formação dos jovens e despertar o seu espírito empreendedor. Fala com um aqui, com outro ali, logo forma-se um grupo disposto a fazer dar certo. E assim surgiu o Instituto Desenvolver, uma escola livre que busca desenvolver quatro pilares de formação: o empreendedorismo e a inovação, a comunicação, o desenvolvimento pessoal e a educação financeira.

 

O start e as primeiras conquistas

O Instituto Desenvolver surgiu em novembro de 2018, juntamente com a realização do 1º Fórum de Debates pelo Desenvolvimento, em Igrejinha. Seu lançamento oficial aconteceu no dia 09 de maio, quando foi apresentada a estrutura do que se pretendia ensinar aos jovens. A partir daí, dezenas de pessoas se juntaram ao grupo, tanto convidadas pelos coordenadores, quanto pessoas que souberam do projeto e se voluntariaram para ajudar. Outra importante conquista aconteceu logo em seguida: a parceria com a Universidade Feevale. O polo digital que a instituição hamburguense tem na cidade foi cedido para a realização do curso pelo próprio reitor Cleber Prodanov. Além disso, profissionais da instituição vão realizar mentorias com os alunos, além de oportunizar premiação aos melhores projetos realizados no curso.

Professores voluntários
Profissionais e empreendedores em diferentes áreas integram o time de voluntários

Aula Inaugural e primeira turma

Na última segunda-feira, 08 de julho, no Centro de Eventos Prefeito Selson Flesch, foi realizada primeira Aula Inaugural do Instituto Desenvolver. Na ocasião, foram apresentados os alunos selecionados para a primeira turma de Educação Empreendedora, aprovados no processo seletivo conforme o edital divulgado no mês de junho (foto da capa). Com o tema “Empreendedorismo e Inovação: o Futuro é Agora” um rico e inspirador debate marcou a noite. Participaram como convidados, apresentando seus cases de sucesso, Vinícius Mendes, administrador, mestre em Marketing Estratégico, professor universitário e fundador do Instituto Besouro e Lucas Reinhardt, tecnólogo em Sistemas para Internet, Pós-graduado em Gestão de Projetos Multicanais e Vendas, Pós-graduando em Business Inteligence e criador do App Civida. O painel foi mediado pelo administrador, mestre em Desenvolvimento Regional e doutorando em economia, Alexandre Matte Junior. No dia seguinte, iniciaram as aulas – que serão gratuitas -, que vão contar com 120 horas de teoria e prática mescladas. São 31 alunos, entre 14 e 18 anos, alunos de escolas públicas no município. Já no primeiro encontro, eles foram desafiados a terem uma ideia de produto, negócio ou serviço inovadora e tecnológica e, durante as aulas, vão receber conteúdos diversos para os permitirem, em grupos, alcançarem o objetivo.

Aula Inaugural
Empreendedorismo e Inovação: o Futuro é Agora foi o tema da Aula Inaugural, realizada no Centro de Eventos
Alexandre Matte Junior, Vinicius Mendes, Guto Scherer, Lucas Reinhardt e Luis Felipe Loro

Voluntários comprometidos

Da corrente do bem que foi se formando, Alexandre Matte Junior é uma das pessoas que esteve desde o início do projeto. “Acredito que o desenvolvimento regional passa pela articulação dos diversos atores que compõem a sociedade, então, como sabemos que matérias como empreendedorismo, educação financeira, desenvolvimento pessoal e comunicação ainda não fazem parte do currículo das escolas e são temáticas extremamente relevantes no mundo atual, nada mais adequado que uma iniciativa dessas para tentar suprir parte da necessidade”, pontua. Ele também cita a atual dificuldade em relação aos empregos na região, o pouco investimento em talentos locais e acredita que o conhecimento só é válido quando compartilhado como motivadores.

A ideia sempre foi contar com um corpo de professores voluntários, o que ele considera que foi muito fácil conseguir. “Reunimos um grupo extremamente qualificado, seja com titulação acadêmica ou com a experiência prática relacionada ao empreendedorismo, algo que realmente pode trazer um peso maior até mesmo para as mentorias que estamos planejando”.

A coach de inteligência emocional e criatividade Dinaura Camacho, que já trabalha com a formação de jovens e adultos, soube do curso através de uma cliente-amiga, e fez questão de ingressar no time. “Em alguns encontros falei sobre minha vontade de contribuir com os jovens na parte de Gerenciamento das Emoções e Comunicação. Nas aulas vamos falar sobre relacionamento interpessoal, através da auto responsabilidade. Vou usar técnicas de PNL COACHING e Access  Process!”

Matte  destaca que os alunos serão desafiados constantemente a produzirem conhecimento. “Desde a primeira aula eles vão pensar na sua ideia de negócio e, com a ajuda dos professores e empreendedores que estarão participando dos encontros, além dos momentos de mentoria, dar mais corpo ao seu projeto, lapidar a ideia e chegar ao final do curso com uma visão muito mais clara do negócio que pretendem iniciar”, registra.

Dinaura aproveita para pontuar a questão da informação disponível a todo instante e como o jovem pode aproveitá-la, destacando também a questão das emoções – ainda mais intensas na adolescência. “Estamos vivendo a Revolução da Tecnologia (e não tem previsão de acabar tão cedo). Eles hoje tem acesso às informações sobre tudo, mas pela pouca experiência de vida, perdem o foco do que realmente importa. Às vezes focam no que não querem, esquecendo quais seus sonhos/objetivos. Também estamos vivendo a Revolução das Emoções. E a única forma de vivermos nossas emoções é nos relacionando. Empreender parte de como nos relacionamos com nossas emoções e com o mundo”, destacando que várias áreas do conhecimento são importantes no processo do sucesso profissional.

 

O Instituto Desenvolver

O Instituto Desenvolver é mantido pela AJAVI (Associação de Amigos Voluntários de Igrejinha), presidida por Guto Scherer. Seu diretor é de Luis Felipe Loro e a coordenação geral é de Priscila Maicá, ambos professores. Cada um dos eixos de ensino tem um coordenador especialista na área: Empreendedorismo e Inovação, por Alexandre Matte Junior; Educação Financeira por Ádina Conradt; Desenvolvimento Pessoal, por Flávia Lemes Matte; e Comunicação por Lidiani Lehnen. As aulas estão sendo realizadas no Polo da Feevale Digital, em Igrejinha. Além da Universidade Feevale, também são parceiros no projeto o Sebrae e a Dsop Educação Financeira.

 

Fotos: Natanael Engel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s