Prevenção foi o foco do III Fórum de Segurança Pública da CDL de Igrejinha e Três Coroas

Nem mesmo o frio da noite desta quinta-feira impediu que associados da CDL de Igrejinha e Três Coroas colaborassem com a comunidade. Com um litro de leite em mãos, que serviu de ingresso ao evento, mais de 50 empresários e autoridades dos dois municípios participaram do III Fórum de Segurança Pública. Promovida pela entidade lojista, a programação teve o intuito de aproximar comerciantes e autoridades militares e civis de maneira informal e colaborativa. “Este é um momento muito importante de uma união público-privada da qual temos muito orgulho”, afirmou a presidente da CDL, Giseli Selau.

Na sequência, a secretária executiva da entidade, Ana Cristina Haubert apresentou uma rápida retrospectiva dos fóruns realizados nos últimos três anos. Por meio deles, além de abordar assuntos como câmeras de segurança, Escola de Brigadianos e prevenção com foco no futuro, a CDL também passou a contribuir com doações de equipamentos e materiais para ações voltadas à segurança e adquiridos com recursos de seu Fundo Assistencial.

Abrindo o debate, o delegado Ivanir Caliari e inspetor Paulo Sergio de Oliveira destacaram a importância de trabalhar a prevenção em relação ao uso de entorpecentes, especialmente entre crianças e jovens. Idealizador de uma série de palestras voltadas a este público, o inspetor Oliveira se colocou à disposição para conversar com os estudantes de Igrejinha e Três Coroas. Por sua vez, os representantes da Brigada Militar dos dois municípios, tenentes Mateus Pelizzaro e Aurimar Amadeu Adami destacaram o trabalho realizado com o Proerd e com as câmeras de segurança no videomonitoramento das cidades. “Com o Proerd nas escolas temos a chance de diminuir muito estas mazelas, mas na região, ele ocorre apenas em Igrejinha e Taquara e, por isso, convidamos a comunidade para abraçar este projeto”, reforçou o tenente Pelizzaro. Já o tenente Adami destacou as câmeras de segurança como excelentes ferramentas de trabalho e anunciou que a partir desta sexta-feira (5) a Brigada Militar coloca em prática o BM Mob, um sistema desenvolvido para agilizar o registro de ocorrências.

Em sua fala, a Dra. Graziela Casaril, juíza de Igrejinha, ressaltou a importância deste despertar da sociedade para um assunto tão importante. “Tivemos aqui uma plateia qualificadíssima, com representantes da OAB, dos Poderes Executivos e Legislativos e empresários das duas cidades”, destacou. Segundo ela, cabe ao Poder Judiciário agir sempre que a prevenção acabar falhando. No entanto, independentemente do tamanho da responsabilização e da punição, é preciso levar em conta que qualquer ato ficará para sempre diretamente atrelado ao nome de quem o praticou e, por isso, agir de acordo com a lei é também pensar no futuro. “Destaco também a importância de sempre se buscar o registro das ocorrências, não apenas para fins estatísticos, mas ainda como forma de tentarmos evitar outros crimes”, reforçou a juíza.

Por fim, os painelistas responderam a perguntas feitas pelos participantes do fórum e reforçaram a importância de manter esta parceria e este contato com as autoridades sempre que a comunidade observar alguém ou alguma situação suspeita. Na próxima segunda-feira, dia 8, a CDL de Igrejinha e Três Coroas irá realizar a entrega dos mais de 50 litros de leite arrecadados durante o fórum ao hospital Dr. Oswaldo Diesel, de Três Coroas.

 

Texto e foto: Mariana Halmel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s