Feira Cultural e Literária de Três Coroas propõe encontro da literatura e cultura sem fronteiras em outubro

A magia e o poder dos livros serão destaque durante uma semana em Três Coroas! A Feira Cultural e Literária se dividirá em dois momentos: de 03 a 07 de outubro (segunda a sexta-feira) nas escolas da rede de ensino municipal e nos dias 08 e 09 (sábado e domingo), na Praça Affonso Saul, aberta à toda a comunidade. A cada edição o evento tem um tema que acompanha algo que se entende como necessário para aquele momento, com o que está pulsando no tempo presente e, em 2022, Sem Fronteiras foi a temática escolhida. “Queremos trabalhar a questão de que vivemos em uma terra que é de todo mundo, a diversidade, a chegada dos imigrantes e os povos originários. Há espaço para todos! Quando se fala em arte e cultura, não há fronteiras e limitações”, explica a diretora de Cultura de Três Coroas, Carine Setti. E é com base nessa temática que foram pensadas todas as atividades, artistas e obras que integram a programação, desenvolvida em conjunto pelas secretarias de Educação e Desporto e a de Indústria, Comércio, Turismo e Cultura, juntamente com os professores das 17 escolas do município.

Final de semana será de programação para toda a família e pessoas de todas as idades

O final de semana deve ter movimentação intensa na Rua Coberta e na Praça Affonso Saul que receberá ampla programação. Diversas manifestações culturais e artísticas estarão no palco e espalhadas pelo espaço, prometendo encantar o público. Por ser uma Feira Cultural e Literária, ela tem espaço para os livros e outras formas de arte. A programação é pensada para agradar pessoas de todas as idades. “A leitura começa na infância, mas a ideia é que mas que siga com as pessoas, sendo cultivada, fazendo o seu bem. Não tem idade pra isso”, pontua Carine.

Buscando contemplar as diferentes gerações e ainda a temática do evento, Carine destaca duas atrações: o show da banda The Beatles no Acordeon e a apresentação de dança do grupo Ana Terra – Dançando o Rio Grande. “A gente escolheu Beatles porque eles são uma banda que representa o sem fronteiras. É uma linguagem universal. Eles não tiveram barreira e conquistaram o mundo. Já a apresentação do grupo Ana Terra vai levar ao palco os diferentes povos e etnias que colonizaram o Estado. São espetáculos que vão atingir todas as idades e que são muito bonitos de assistir”, convida.

No domingo pela manhã, outro encontro vai mostrar um dos motivos que torna a Cidade Verde o que é hoje: a união dos povos que fez e faz a sua história. O painel Encontro das Etnias vai debater sobre a chegada dos imigrantes e a cultura trazida por eles a Três Coroas, com a importância do acolhimento em uma terra sem fronteiras. 

Vitrine de autores locais

Desde a sua primeira edição, a Feira Cultural e Literária de Três Coroas busca prestigiar os escritores locais com espaço para poderem divulgar sua obra. Este ano, haverá uma Vitrine de Autores Locais, no sábado pela manhã, onde diversos escritores com obras recém-lançadas terão espaço de fala. “É um momento de olhar para esses escritores. A Feira sempre teve esse espaço, valorizando não só os escritores, mas todos os nossos artistas. Esse momento da programação vai ser mediado pelo Conselho Municipal de Cultura, que está sempre junto pensando, criando diagnósticos e indo atrás de descobrir os nossos artistas”, explica.

Estudantes receberão autores e atividades artísticas

Durante cinco dias, as escolas vão receber uma série de atividades diferentes, todas alinhadas com a temática do evento. “Não há muitos momentos onde se foge um pouco do conteúdo programático e da rotina de uma escola. Ter uma semana onde tudo gira em torno do livro é muito bacana porque desperta o olhar para o livro. Abrir uma semana discutir, acessar e comercializar os livros é muito importante. A semana fomenta de fato a leitura, a escrita e essa passagem da obra literária para a arte”, explica Carine. Ela salienta ainda que a geração é muito tecnológica e que a parada para ouvir e prestar atenção nos livros é muito rica, despertando a paciência da espera, fazendo eles ficarem um pouco mais conectados com os livros e não tanto na correria e velocidade do momento atual. Além do conteúdo pensado pela Secretaria de Educação e Desporto, cada escola ainda teve autonomia para incluir convidados que estivessem alinhados com a temática do evento, que pudessem agregar ao que fosse abordado. Visitarão as escolas os artistas Rosane Castro, Herta (Betinho Klein), Trem do Vale, Jonas Piccoli, Gê Mendes e Israel Neto.

Programação da Feira do Livro de Três Coroas:

08/10 (sábado)

  • 09h30: Painel – VITRINE DE AUTORES LOCAIS – Lançamento de livros, comercialização e sessão de autógrafos. Painel mediado pelo Conselho de Políticas Culturais.

Lançamento de livros
Gê Mendes – “Um rio chamado Paranhana
Taiane DuarteMaravilhosamente perfeito”
Virginia Isabel MattePerseverar – o propósito de uma vida/Perseverar II – A Filha do Milionário”
Silvia de Freitas – “Tudo coopera para o bem“
Andrea Moraes – “Eu bipolar – uma história de superação”
Gilce Lourenço e Daniela Klippel – “Ser inovador: criando com espírito, mente e corpo”
Lucas Gabriel Kauer “Não se deixe enganar pelo clima tropical”
Padre Ari Antônio da Silva – obras escritas em 2020 e 2021
Tania Girke Volkart (convidada especial, personagem do livro) –  Um de nós foi feliz”, autor Paulo Stucchi.

  • 13h: Show com a Banda Honey – rock clássico popular e indie
  • 13h30: Participação especial da Orquestra Municipal Huberto Schmitt Müller.
  • 14h: Abertura oficial da feira
  • 14h10: Apresentação de dança O Diário de Anne Frank, com o Grupo de Dança Kairos
  • 14h20: Apresentação da música tema da feira com o conjunto de Trap Budapeste
  • 14h30: Show de talentos Sem Fronteiras, com participação das escolas da rede municipal
  • 16h: Entrevista e show musical com o autor e músico Rodrigo Munari, com as obras Romance de Duas Flores e Diferenças
  • 19h: Show da banda The Beatles no Acordeon

09/10 (domingo)

  • 9h30: Painel – Encontro das EtniasDebate sobre a chegada dos imigrantes e a cultura trazida para Três Coroas; a importância do acolhimento em uma terra sem fronteiras.
    Culturas presentes: africana, tibetana, italiana, senegalesa, alemã, japonesa e americana.
  • 14h: Apresentação da ONG Vida Breve – As Ruas Falam – poetisas, grafite, intervenções do rap e intercâmbio de danças Street e Break
  • 15h: Espetáculo Teatral Faísca D’água, com o Grupo Ueba Produções Notáveis
    Tema: Encontro da natureza com a humanidade – lendas, costumes e os saberes do Brasil, assim como a preservação do meio ambiente.
  • 17h: Show de dança do grupo Ana Terra – Dançando o Rio Grande
  • Atividades nos 02 dias na Rua Coberta: Pintura de rosto (Grupo Teatral In Love), brinquedo inflável, comercialização de livros e exposições.

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s