Escritor Pedro Guerra falou para os adolescentes na Feira Literária de Taquara

A Feira Literária de TaquaraEducação une pessoas iniciou nesta quarta-feira (18) e segue até sábado (21). A programação tem como espaço principal a Rua Coberta com 10 livreiros e praça de alimentação e conta com alguns eventos descentralizados ocorrendo em escolas, no auditório do Instituto Adventista Cruzeiro do Sul (IACS), no Centro Educacional Indio Brasileiro Cezar e em asilos da cidade.

O caxiense Pedro Guerra foi o primeiro escritor a se apresentar nesta edição da Feira Literária de Taquara. Com 13 livros publicados e diversos prêmios literários conquistados, em 9 anos de carreira, mais de 100 mil adolescentes já foram alcançados com os seus trabalhos. “Sempre gostei muito de ler, meus pais são grandes leitores e me incentivaram desde pequeno. Sentia que não queria só ler todas aquelas histórias, mas também contar as minhas… Foi por isso que aos 12 já comecei a rabiscar ideias e quando tinha 20 lancei meu primeiro livro e, por puro acaso acabei me encontrando na literatura juvenil. Meu primeiro livro, ‘A Rainha está morta’, foi lançado visando um público mais adulto, porém teve uma grande aceitação nas escolas. A partir daí, comecei a fazer palestras e coloquei em prática as ideias de romance adolescente que já tinha”. 

Conto Contigo e Comigo teve duas sessões

Mesmo com a baixa temperatura, a energia dos estudantes (anos finais do Ensino Fundamental) que acompanharam na manhã da quarta-feira (18), no auditório do IACS, o espetáculo teatral “Conto Contigo e Comigo”, com o grupo Ueba Produtos Notáveis, foi marcada por gargalhadas e aplausos. Através do ponto de partida do “Era uma vez…” os três atores, verdadeiros contadores de histórias, ressignificavam histórias tradicionais de forma divertida e interativa com a plateia, através do seu ponto de vista de forma cômica e irreverente. A montagem foi escrita e dirigida por Jonas Piccoli. “Temos trabalhado com foco nos jovens, a gente aborda alguns temas conhecidos da literatura mundial e vamos os ressignificando. Nessa brincadeira, o público também entra na roda e acaba assumindo a contação de algumas das histórias”, destaca Piccoli.

Expectativa é positiva

O evento é realizado pela Prefeitura de Taquara, através da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Smece) e pelo Sistema Fecomércio-RS através do Sesc Taquara. “Estamos com expectativas muito positivas em relação a nossa Feira Literária. Mesmo com a condição climática que trouxe bastante frio e vento para a nossa região, estamos confiantes de que será um grande evento, pois a programação está linda e foi pensada com muito carinho para os nossos estudantes e a comunidade em geral”, destaca a prefeita Sirlei Silveira.

Segundo a secretária de Educação, Cultura e Esportes, Carla Silveira, o ato de ler e se envolver com o teatro é uma outra forma de aprender e desenvolver as habilidades socioemocionais. “Durante muito tempo ficamos afastados do convívio social e sabemos o quanto a leitura pode ser importante para recuperarmos a aprendizagem, as lacunas que ficaram durante este período de isolamento. Para nós é uma alegria muito grande poder fazer mais esta edição da Feira Literária de Taquara, uma feira que já tem uma história em nosso Município”, ressalta a secretária. 

*Fotos: Magda Rabie/Prefeitura de Taquara

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s