Em grande estilo, 8° Gramado in Concert marca retomada dos festivais presenciais no Brasil

A música erudita tomou conta da Serra Gaúcha com o 8° Gramado in Concert – Festival Internacional de Música terminou no último sábado, dia 19. Um concerto memorável da Orquestra Sinfônica do Festival na Sociedade Recreio Gramadense marcou o encerramento do evento que iniciou no último dia 12. Sob a regência do maestro Linus Lerner, 90 estudantes emocionaram o público com um repertório de alta complexidade. Após a apresentação da Orquestra, a Big Band do Festival fez um show descontraído no Vita Boulevard.

Com direção de Linus Lerner, Allan John Lino e Leandro Libardi Serafim, a oitava edição contou com 10 concertos de orquestras, bandas e corais, cinco recitais de professores e alunos, 10 recitais de grupos de Câmara e 10 ações formativas para o público.

Além do Concerto de Encerramento com a Orquestra e da Big Band, a programação final contou com apresentações da Banda e do Coral do Festival. Os grupos ensaiaram durante a semana e as mostras do trabalho puderam ser conferidas em concertos na Recreio Gramadense, na Igreja do Relógio e no Vita Boulevard. “O encerramento foi de grande qualidade musical”, comemora o coordenador artístico, Leandro Serafim.

Depois de ser realizado em formato híbrido, o festival voltou a ser realizado de maneira presencial em 2022. Sem a marcante presença de grupos estrangeiros por prevenção à pandemia, o evento reuniu 180 estudantes de diversos Estados brasileiros e mais de 20 renomados professores nacionais e internacionais. “O fato de conseguir realizar o festival é uma grande conquista. Tivemos o cancelamento de muitos outros festivais pela escalada da pandemia. No entanto, adotamos as medidas possíveis e não tivemos nenhum incidente. Conseguimos realizar a programação proposta”, afirma Serafim.

Para o diretor executivo do festival, Allan John Lino, o Gramado in Concert Gramado coloca o Rio Grande do Sul no mapa dos festivais de música erudita do Brasil. Com todas as apresentações gratuitas para o público, o evento consolida a busca pela democratização da música clássica ao levar espetáculos para clubes, hotéis, igrejas, centros comerciais e praças. “Um dos legados deste festival foi mostrar o poder que a música tem em reunir pessoas de várias etnias, credos e cores em um só propósito: a harmonia para o bem comum”, avalia.

O evento é uma promoção da Prefeitura de Gramado, com realização da Gramadotur. O festival tem patrocínio master do Laghetto Golden e apoio da Corsan – Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Cia aérea oficial: Azul. Colaboradores: Sicredi Pioneira e Senac.

*Fotos: Rafael Cavalli/Divulgação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s