Faccat firma parceria com Apae de Taquara e Prefeitura de Rolante

As Faculdades Integradas de Taquara (Faccat), por meio do curso de Fisioterapia, firmaram parceria com a Prefeitura de Rolante e com a APAE de Taquara. Os contratos visam disponibilizar vagas para os discentes do curso, que estão em fase de estágio obrigatório. Com a assinatura dos contratos, que ocorreu na quinta-feira, dia 17 de fevereiro, os acadêmicos terão a oportunidade de colocar em prática seus conhecimentos adquiridos em sala de aula. Os estágios iniciarão a partir do dia 8 de março.

Em Rolante, os acadêmicos do curso de fisioterapia realizarão o estágio obrigatório nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Participaram da assinatura do convênio, o prefeito Pedro Rippel; o diretor-geral da Faccat, Delmar Backes; o secretário de Saúde, Ricardo Gonçalves; a coordenadora do curso de Fisioterapia da Faccat, Ana Melissa Mallmann; a coordenadora de estágio, Maureen Koch; o coordenador de Saúde de Rolante, Diego Valandro; e o coordenador da Estratégia de Saúde da Família, Douglas Lemes. A assinatura do contrato ocorreu na manhã de quinta-feira, no gabinete do prefeito Rippel.

Já a assinatura do convênio com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Taquara, ocorreu na tarde de quinta-feira, na sala da Direção Geral da Faccat. Participaram do ato o diretor-geral, Delmar Backes; a coordenadora do curso de Fisioterapia da Faccat, Ana Melissa Mallmann; a diretora da APAE, Sílvia Gelinger; e o presidente da entidade, Paulo Roberto Streit.

Aprimoramento e qualidade de ensino

Para a coordenadora do curso de Fisioterapia, Ana Melissa Mallmann, as parcerias visam aprimorar a qualidade de ensino da Faccat. “Todos sairão ganhando. Haverá acompanhamento com os professores supervisores e estaremos formando profissionais com muita qualidade”, destaca Ana Melissa

O diretor-geral da Faccat, Delmar Backes, destaca que em 2022, a faculdade estará formando a primeira turma de Fisioterapia.  “O trabalho de fisioterapia está cada vez mais em evidência. Antes era mais voltado aos idosos, mas hoje pessoas de todas idades precisam do trabalho do fisioterapeuta, inclusive tem sido essencial para quem teve covid”, ressalta Backes.

*Fotos: Claucia Ferreira/Faccat

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s