Dira Paes passa a integrar equipe curatorial do 50º Festival de Cinema de Gramado

O Festival de Cinema de Gramado, agendado para 12 a 20 de agosto, já está em fase de preparação para que a Serra Gaúcha possa, mais uma vez, respirar mais uma vez o melhor do cinema brasileiro, latino e ibero-americano. Pelo quinquagésimo ano seguido, o Palácio dos Festivais será a casa das produções audiovisuais e, em 2022, voltará a receber os maiores nomes do cinema da América Latina.

O trabalho para tirar do papel a edição de número cinquenta do mais importante festival de cinema do Brasil já começou, e com reforço na equipe. Este ano, o time de curadores ganha uma nova integrante: a atriz Dira Paes. Junto ao jornalista, crítico de cinema e professor Marcos Santuario e à atriz e cantora argentina Soledad Villamil, Dira assume a tarefa de selecionar os filmes de longa-metragem brasileiros e estrangeiros das mostras competitivas.

Engana-se quem pensa que a história de Dira com Gramado é recente. Há quase duas décadas, a atriz recebeu seu primeiro Kikito, por sua atuação no longa “Noite de São João”. Feito que se repetiu em outras duas oportunidades: 2009 e 2011. Em 2017, recebeu o Troféu Oscarito em homenagem aos seus, na época, 33 anos de contribuição ao cinema brasileiro.

Com mais de 80 trabalhos, entre cinema, televisão e teatro, Dira possui vitórias nos mais importantes festivais de cinema do país, como Festival de Cinema de Brasília, Grande Prêmio do Cinema Brasileiro e Cine Ceará. Fazem parte do currículo da atriz, ainda, passagens pelos Festival de Cinema Brasileiro de Paris, Los Angeles Brazilian Film Festival, Miami Brazilian Film Festival, Seattle Latino Film Festival e Salento International Film Festival.

“Eu devo tudo ao cinema brasileiro. Sempre digo isso. Disse isso no palco do Palácio dos Festivais quando fui homenageada com o Troféu Oscarito, quando esse festival completou 45 anos, e digo novamente. Eu estive muitas vezes na plateia de Gramado, aplaudindo pessoas que me inspiram. E agora, passando a integrar a curadoria neste ano festivo em que completa 50 edições, a sensação é de enorme honra e responsabilidade. É por meu amor pelo Brasil e pelo cinema feito nessa terra que eu vou, junto com o Marcos e com a Soledad, buscar retratar o melhor do nosso cinema na tela de Gramado”, diz.

Atriz Dira Paes recebeu o Troféu Oscarito em 2017. Foto: Diego Vara / Pressphoto

Para a Presidente da Gramadotur, autarquia municipal responsável pelos eventos da cidade, e Secretária de Turismo de Gramado, Rosa Helena Volk, a consagrada atriz chega para acrescentar. “A curadoria do Festival de Cinema de Gramado é reconhecida nacionalmente por seus nomes. Quando reformulamos o evento, em 2012, criamos um novo conceito para a curadoria, que trouxe o nosso Marcos Santuario ao lado dos saudosos José Wilker e Rubens Ewald Filho. Contamos ainda com as participações de Eva Piwowarski e Pedro Bial, até configurarmos o trio que temos hoje: Marcos, Soledad e Dira. São nomes respeitados e reconhecidos em suas áreas de atuação e, mais importante, pessoas que possuem um carinho muito forte com Gramado e com o Festival de Cinema”, afirma.

50º Festival de Cinema de Gramado ocorrerá entre os dias 12 e 20 de agosto e as inscrições para as mostras estão previstas para começar na segunda quinzena de fevereiro.

*Foto de Capa: Renan Oliveira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s