Universidade Feevale realiza exposição artística virtual com foco em acessibilidade

A partir desta quinta-feira, 20, a Universidade Feevale realiza, de forma virtual, a I Mostra Técnica, Artística e Cultural, com artistas brasileiros e estrangeiros. O evento integra o Congresso Internacional de Diálogos Interdisciplinares (Cidi) e é organizado pelos docentes e alunos dos programas de pós-graduação (PPG) em Indústria Criativa, Processos e Manifestações Culturais e Diversidade Cultural e Inclusão Social da Instituição. A exposição virtual ocorre entre os dias 20 e 30 de maio no perfil do Instagram da Conexão Cultural Feevale.

Com foco em inclusão e acessibilidade, as 59 obras inscritas têm um mix de opções acessíveis, como audiodescrição em espanhol, libras e descrição de imagens em português. O evento terá a participação de 28 artistas do Brasil, Peru e Espanha, com obras que transitam nas linguagens de desenho, escultura, fotografia, performance, pintura, videoarte, moda, textos (contos, crônicas e poesias), audiovisual e outros. A mostra conta, também, com a colaboração de instituições internacionais parceiras, como a Universidade de Múrcia, da Espanha, e a Universidade Toulouse Lautrec, do Peru.

“Os trabalhos que serão apresentados enriquecem a internacionalização do evento, trazendo novos olhares e perspectivas para os alunos da Feevale, assim como para os acadêmicos das instituições parceiras”, ressalta a professora Laura Ribero Rueda, do PPG em Processos e Manifestações Culturais e uma das coordenadoras da exposição.

A importância da inclusão

Com uma equipe de 20 voluntários, a organização do evento foi construída totalmente on-line. Para France Amaral, organizadora da Mostra e doutoranda do PPG em Diversidade Cultural e Inclusão Social, o ambiente virtual possibilitou a presença de artistas e instituições internacionais e a inclusão de experimentações de acessibilidade para pessoas com deficiência, que contemplem falantes de português e espanhol. “Como o tema da exposição é livre, utilizamos como eixo condutor a temática da acessibilidade. A inclusão é importante e deve circular em todos os eventos, principalmente nos culturais, que tem essa virtude de aproximação e integração por meio da arte”, explica.

Todos os trabalhos inscritos na exposição pertencem a pós-graduados. Entre os brasileiros participantes, se destacam a artista plástica Magna Sperb e a artista visual Alexandra Eckert, ambas gaúchas e pós-graduadas pela Feevale. Segundo a professora Vanessa Valiati, do mestrado em Indústria Criativa e coordenadora da Mostra, a exposição quer evidenciar, aos alunos, que é possível produzir arte durante o processo de especialização acadêmica. “Uma das principais características da Mostra é o espírito colaborativo, desde a sua concepção até a participação fundamental dos discentes dos diversos graus de formação, do doutorado à iniciação científica”, afirma.

*Foto de capa: Obra de Magna Sperb

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s