“Revelando o Rio Grande”: Secretaria da Cultura oferece 50 oficinas gratuitas na área do audiovisual

Capacitar profissionais nos vários segmentos do setor audiovisual é o mote do projeto “Revelando o Rio Grande”, desenvolvido pela Secretaria da Cultura (Sedac), por meio do Instituto Estadual de Cinema (Iecine). O programa vai oferecer 50 oficinas gratuitas ligadas ao audiovisual, orientadas por profissionais de vasta experiência e reconhecimento.

O projeto de formação inédito no Estado, totalizando 500 dias de atividades nos próximos dois anos, será realizado com recursos de emenda parlamentar da deputada federal gaúcha Liziane Bayer. O assunto foi tratado na última sexta-feira, 05, durante reunião on-line. O orçamento, num total de R$ 250 mil, será executado através de convênio com a Secretaria Especial da Cultura (Governo Federal).

Outro objetivo é buscar a democratização de acesso à formação em saberes artísticos da economia da cultura, gerando conhecimento e oportunizando qualificação profissional, dando espaço e visibilidade aos talentos anônimos do RS.

Reunião do projeto “Revelando o Rio Grande”

Os cursos, cada um com 30h de duração, terão início em março de 2021 de forma on-line, com atividades remotas em diversos saberes. “O projeto pretende modificar a realidade dos potenciais profissionais do setor audiovisual que, no interior do Estado, possuem dificuldade de acesso aos conteúdos, e receberão o devido incentivo e despertar para a economia criativa”, destaca a secretária da Cultura, Beatriz Araujo.

Entre algumas das oficinas propostas estão formações voltadas à:

  • produção cultural;
  • direção de fotografia;
  • interpretação;
  • desenho de som;
  • roteiro audiovisual;
  • montagem cinematográfica;
  • direção de arte;
  • trilha sonora;
  • maquiagem;
  • eletricista;
  • maquinista para cinema;
  • entre outras.

Toda a programação será gratuita e com vagas limitadas. “Nosso objetivo é transformar o Iecine em uma espécie de universidade aberta, incorporar a formação como uma das atribuições da instituição e, dessa forma, ofertar para a população caminhos de desenvolvimento por meio do audiovisual”, destaca Zeca Brito, diretor do Iecine.

A primeira oficina será sobre “História do Cinema Brasileiro”, ministrada entre os meses de março e maio pela professora e crítica de cinema Fatimarlei LunardelliAs inscrições serão abertas em breve e anunciadas nas redes sociais da Sedac e do Iecine.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s