Como tomar a MELHOR decisão?

Todos os dias tomamos decisões, das mais pequenas e irracionais às mais complexas, com impacto direto sobre a nossa vida e as dos que amamos. Tomar decisões às vezes é mais fácil, mas tem vezes que o processo é super doloroso, especialmente porque temos que abrir mão de outras opções que também parecem interessantes. Nesse caso não é nada fácil! Não é incomum nos depararmos com o dilema de fazer escolhas e, neste texto, quero te ajudar com isso para facilitar a sua vida.

Coluna LuLinden - 09022020 (4)

Quando crianças, nossos pais/cuidadores tomavam as decisões por nós. Até que, na adolescência, as circunstâncias vão nos direcionando a decidir. Decisões estas sobre qual a profissão seguir, possíveis amigos, amores… De repente, quando nos damos por conta, a realidade nos faz aquele convite, ‘Bem vindo ao mundo dos adultos’! É neste momento que temos que tomar decisões importantes com certa frequência e bancar nossas próprias decisões, na maioria das vezes, sem a ajuda de alguém.

No universo da minha atuação profissional, acompanho e facilito tomadas de decisões diariamente. Algumas pessoas paralisam mediante a dúvida, outras escolhem uma opção mesmo sem pensar e talvez se arrependam depois.

Coluna LuLinden - 09022020 (1)

Existem métodos que são eficientes e neutralizam a angústia natural de uma decisão mais importante. Assim, quero compartilhar contigo neste texto uma técnica que pode lhe ajudar, seja para decidir aspectos profissionais ou quaisquer outros aspectos da vida. Mas lembro que, em algumas situações, é preciso mais tempo e uso de outros instrumentos. Então, diante da dúvida, qual a principal indicação? Avaliar perdas e ganhos de cada alternativa, simulando uma balança. Isso pode parecer um tanto quanto óbvio, mas é a melhor coisa que pode ser feita.

Imagino que você já fez esse levantamento na sua cabeça, mas talvez não tenha sido efetivo, isso porque vira uma ‘salada de frutas’ na sua mente. Assim, te oriento a escrever, seja no papel/smartphone/computador, a fim de mensurar os prós e contras e a respectiva magnitude de cada opção. Esse levantamento vai lhe trazer CLAREZA. Somente assim é possível tomar uma decisão assertiva e com mais chances de êxito, sem arrependimentos.

Coluna LuLinden - 09022020 (5)

Há 4 perguntas que podem ajudar. Vou listá-las e colocar um exemplo para facilitar. Peço que você adapte a sua realidade.

Vou te dar um exemplo pessoal, de quando eu estava decidindo qual o mestrado realizar. Estava entre quatro opções inicialmente, depois duas. Na etapa final, estava avaliando entre fazer na área da Psicologia ou na área de Gestão e Negócios. Em ambos eu poderia estudar sobre a temática ‘carreira’, que era meu foco de interesse de pesquisa.

Opção 1: Mestrado em Psicologia

  1. Quais os ganhos em alcançar esse objetivo? Ter habilitação para ser professora universitária; minha área de formação inicial; investigar carreira relacionando ao campo da Psicologia; aulas em São Leopoldo; aulas em quintas e sextas; menor custo benefício (50 % mais acessível que a outra opção).
  2. Quais as perdas em alcançar esse objetivo? Tempo para me dedicar a essa especialização, recursos financeiros; sem dupla titulação/internacional (que teria na outra opção).
  3. Quais os ganhos em não alcançar? Comodidade; economia.
  4. Quais as perdas em não alcançar? Adiar um sonho; talvez nunca realizá-lo.

Opção 2: Mestrado em Gestão e Negócios

  1. Quais os ganhos em alcançar esse objetivo? Ter habilitação para ser professora universitária; investigar carreira relacionando com a área de negócios.
  2. Quais as perdas em alcançar esse objetivo? Tempo para me dedicar a essa especialização, recursos financeiros; aulas em Porto Alegre (mais distante); aulas também aos sábados (finais de semana comprometidos); maior custo benefício (50 % mais alto o valor devido a dupla titulação nacional e internacional).
  3. Quais os ganhos em não alcançar? Comodidade; economia.
  4. Quais as perdas em não alcançar? Deixar de ter a titulação internacional; adiar um sonho; talvez nunca realizá-lo.

Coluna LuLinden - 09022020 (2)

Qual a escolha que fiz? Se você escolheu a opção 1, ‘Mestrado em Psicologia’, você acertou. Na época, eu senti na própria pele a dificuldade da tomada de decisão para algo que era muito importante para mim. E esse é só um exemplo de uma dúvida profissional que tive. Não foi a única e, certamente, ainda terei outras dúvidas… e claro, você também. Porque ter dúvidas faz parte da vida. Simples assim!

Mapear no papel os ganhos e perdas de cada opção me ajudou muito, assim como ajuda a maioria dos meus clientes no processo de Planejamento de Carreira. Minha sugestão é que você responda essas quatro perguntas sobre cada opção e depois avalie como se fosse uma balança. As duas opções podem ser interessantes. O que vale mais a pena? Sempre há uma opção que será mais importante para o seu momento de vida.

Espero que tenhas gostado da dica!

Coluna LuLinden - 09022020 (3)

Desejo a você boas escolhas! E fico à disposição para te ajudar. Você pode perguntar por aqui e caso queiras receber um atendimento individual, estou à disposição para te atender em Igrejinha, São Leopoldo ou on-line. Me escreve pelo email lucianelinden.psi@gmail.com. Me acompanha também lá no Instagram, Facebook, Linkedin e Youtube.

 

*Foto da bússola: Juliano Arnold.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s