Fazer faculdade ou não fazer?

Nesse momento contemporâneo há quem se pergunte ‘será que ainda é necessário fazer faculdade?’ Num período em que surgiram muitos talentos digitais, sem faculdade e que faturam milhões, ‘será que ainda vale a pena estudar?’, ‘Já que muitos profissionais graduados estão sem emprego, é a melhor opção?’ Alguns jovens tem me questionado a respeito, então decidi escrever sobre essa temática e colocar o meu ponto de vista para dar a minha contribuição.

Em poucas décadas vivemos uma transição da necessidade da alfabetização, para a escolaridade primária, ensino médio, técnico e faculdade, pós graduação, mestrado, doutorado, pós doutorado. Agora, estamos vivendo uma fase de jovens talentos digitais, empreendedores de start up milionários e sem tanta escolaridade. Houve muitas mudanças de paradigma nesse sentido. Meus pais, por exemplo, estudaram apenas o primário (até a 5ª série), pois eram agricultores. Apesar da baixa escolaridade desenvolveram um micro empreendimento. Já eu e meus irmão fomos orientados por eles a continuarmos estudando, curso técnico e faculdade.

Formatura Berthalina Kirsch - Ensino Fundamental
Formatura do Ensino Fundamental, na Escola Berthalina Kirsch.

Há 20 anos atrás, quando estava no ensino médio, fiz curso técnico para concluir o ensino médio com uma primeira profissão, assim como meus dois irmãos mais velhos. Meus pais já se preocupavam com a nossa empregabilidade e nos orientaram a continuar estudando. Fazer faculdade era um passo mais restrito, mais distante da minha realidade. Mas foi durante o ensino médio que percebi que não era impossível e, pelo contrário, que eu poderia ter muito mais perspectivas de fazer algo que gostava e com mais oportunidades profissionais. Depois veio o mestrado e não quero parar por aí e a seguir vou justificar.

Formatura Técnico em Contabilidade - Ensino Médio - CNEC
Formatura no Técnico em Contabilidade – Ensino Médio – CNEC

‘Lu, eu entendo que para ser engenheiro, psicólogo, professor de biologia, contador… eu obrigatoriamente terei que fazer uma faculdade… mas Lu, eu quero ter um negócio, ser artista, trabalhar como gamer…. essas carreiras não tem a exigência de fazer uma faculdade… não há esse pré requisito, mesmo assim, eu deveria fazer’.

Dependendo da carreira que você escolher, não há necessidade de ter uma graduação e a escolha precisa ser sua! A escolha que fizer terá um impacto futuro sobre a sua vida!

C 0952-24
Formatura em Psicologia na Unisinos

Minha opinião como orientadora de carreira é que, mesmo que você escolha uma carreira que não possui a obrigatoriedade de cursar uma faculdade/graduação, eu sugiro que você faça pois terá muitos outros ganhos que poderão alavancar a sua carreira.

Confira 5 aspectos que justificam a importância de fazer faculdade, mesmo que a sua área de interesse profissional não tenha esse pré-requisito.

  • Expandir a mente: um estudo dirigido, orientado por professores, vai colaborar para a sua plasticidade cerebral, colaborando para novas conexões neurais e ampliação das suas habilidades;
  • Ampliar perspectivas: ser universitário permite um contato com outras realidades e possibilidades, entre elas, estágios, iniciação científica, monitorias, participação em congressos e outros eventos;
  • Solucionar problemas: uma das competências mais requisitadas no ambiente corporativo e na área empreendedora é a capacidade de resolver situações, de ser criativo para encontrar soluções;
  • Criar networking: você terá contato com professores, coordenadores, colegas, independentemente da modalidade ser presencial ou online. Esses contatos criarão possibilidades de diálogo, indicações para emprego ou projetos, parcerias, amizades e, em alguns casos, até namoros/casamentos.
  • Pesquisa e inovação: é dentro do contexto universitário que estão sendo desenvolvidas pesquisas de inovação, com rigor científico. A universidade pode ampliar oportunidades de encubação de projetos, internacionalização, bolsas de estudo de mestrado e doutorado, além de oportunizar a posterior realização de especializações.

Concentrei aqui alguns motivos que acredito serem suficientes para justificar a relevância de seguir estudando, de alcançar o diploma universitário, o ensino superior (também chamado, 3º grau), mas não são as únicas. Então, se precisar de mais algum argumento, me escreve 😉

Um detalhe muito importante: não basta passar pela universidade, pois somente o diploma não garante sucesso profissional. O diploma não é seu passaporte para a felicidade, mas também pode ser, depende muito de você. É necessário apropriar-se de tudo o que esse contexto pode proporcionar para a sua vida, com uma postura de protagonismo. Aproveite esse momento para desenvolver competências para a vida!

Formatura Psicologia Unisinos
Mais uma da Formatura em Psicologia na Unisinos

A título de curiosidade: para mim, fazer faculdade e continuar estudando fez toda a diferença na minha realização profissional e para inúmeras conquistas pessoais. E ainda não é o fim da caminhada. Acredito que colocar-se no papel de aluno é, além de um ato de humildade, a possibilidade de muito progresso. Desejo o mesmo a você!

Fico à disposição para responder perguntas sobre esse tema e outros ligados a área de carreira. Se você gostou, compartilha esse material com seus amigos que estão nesse momento de avaliação. Nos próximos dias vou gravar um vídeo sobre esse tema e outros. Me acompanhe também no canal do YouTube  e inscreva-se gratuitamente para receber notificações quando tiver novos vídeos.

Forte abraço, Lu

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s